Abrigo de animais cria plano para manter canil vazio após a pandemia

Uma ONG dos Estados Unidos resolveu ajudar a população com serviços para evitar o abandono de animais

Todos animais do abrigo foram adotados durante a pandemia de covid-19

Todos animais do abrigo foram adotados durante a pandemia de covid-19

Reprodução/Friends o Strays

Um abrigo de animais de São Petersburgo, nos Estados Unidos, conseguiu zerar a fila de cães e gatos disponíveis para adoção. A boa notícia aconteceu durante o período de isolamento social e agora a instituição criou um plano para manter os canis vazios após a pandemia da covid-19.

A ideia do Fiends of Strays é oferecer opções e serviços gratuitos para a população e evitar que as pessoas abandonem o bichinho de estimação durante uma dificuldade. 

Dificuldade financeira
Uma parceria com empresas locais permite que a ONG distribua vouchers para atendimento veterinário gratuito ou a retirada de suprimentos para o bichinho. O recurso para famílias que enfrentam dificuldades financeiras vale para residentes de São Pertesburgo.

Tutores de gatos
O Kitten Heroes Program é uma parceria da Friends of Strays e cuidadores de gatos na comunidade. Além de capacitar as pessoas para abrigar os bichinhos, a instituição captura os abandonados na rua para castrar e vacinar.

Novo adotante
Caso alguma família não possa mais ficar com o animal, a ONG tem um programa para encaminhar o pet a um novo lar. Após realizar um cadastro com fotos e todas as informações, os tutores podem encontrar uma nova família interessada através do sistema. A ideia da realocação é evitar o abandono, assim o bichinho não passa pela rua ou por um abrigo.

Lar temporário
O programa de adoção foi ampliado para tentar que o animal encontre uma família ainda no lar temporário. O objetivo é que o bichinho siga direto para a nova vida sem precisar voltar a passar nenhuma noite no canil.