Virtz Ação solidária leva comida e suprimentos para famílias

Ação solidária leva comida e suprimentos para famílias

Movimento começou com universitário e hoje conta com mais de 2.700 voluntários espalhados pelos Estados Unidos

Voluntários ajudam idosos fazendo compras em farmácias e mercados

Voluntários ajudam idosos fazendo compras em farmácias e mercados

Reprodução/Instagram invisiblehandsdeliver

Os amigos Liam Elkind, de 20 anos, calouro na Universidade de Yale, e Simone Policano, de 25, atriz, produtora e graduada em Yale, se reuniram em sua cidade, Nova York, nos Estados Unidos, indo a farmácias e mercearias para os familiares que moram os pais e avós ou idosos que moram sozinhos.

Juntos, eles fundaram a organização "Invisible Hands Deliver" (Entregas das Mãos Invisíveis, em português), que hoje conta com mais de 2.700 voluntários.

"Nós não esperávamos isso completamente. Neste momento em que estamos presos em nossas casas, é incrível ver jovens querendo ajudar”, disse Simone ao Good Morning America.

Os voluntários têm várias regras para seguir, como praticar distanciamento social, manter-se dentro de casa, evitar multidões, ficar a 2 metros de distância de outras pessoas se tiverem de sair, lavar as mãos com frequência com água e sabão ou usar desinfetante para as mãos para realizar as entregas.

Últimas