Ação solidária prevê distribuição gratuita de máscaras de tecido

Projeto “Máscaras Solidárias – A Saúde Une Todos” conta com parcerias para produzir os acessórios e, assim, fomentar saúde, emprego e renda

Projeto confecciona e distribui gratuitamente máscaras de tecido para conter a covid-19

Projeto confecciona e distribui gratuitamente máscaras de tecido para conter a covid-19

Reprodução/ Projeto Máscaras Solidárias

O projeto “Máscaras Solidárias – A Saúde Une Todos”, lançado nesta sexta-feira (24) em ação simbólica na Casa do Adolescente de Heliópolis, na capital  paulista, une uma grande rede de solidariedade para a confecção e distribuição gratuita de máscaras de tecido estampadas com frases transformadoras. As frases buscam representar a voz da população diante da pandemia do novo coronavírus e o consequente isolamento social.

A ação solidária conta com parcerias instituições do setor da saúde, costureiras, empresas e uma ONG. Unidos, os parceiros pretendem fomentar saúde, emprego e renda para pessoas em situação de vulnerabilidade.

O objetivo do projeto é gerar a distribuição dessas máscaras de tecido. Num primeiro momento, elas serão entregues com prioridade para mulheres de comunidades na cidade de São Paulo.

Porém, de acordo com o ritmo das doações, o projeto planeja a expansão
da abrangência da entrega das máscaras para cidadãos de outras regiões, como o estado do Mato Grosso, o Parque Indígena do Xingú e Porto
Velho, onde indígenas e ribeirinhos serão beneficiados.

Proteção e acolhimento

As máscaras elaboradas no projeto são feitas de tecido duplo, como pede o protocolo, e trazem estampas variadas com frases como "estamos aqui por você" e "a solidariedade salva vidas". 

O projeto foi idealizado voluntariamente pela médica, ginecologista, obstetra e sanitarista, Dra. Albertina Duarte Takiuti, coordenadora do Programa da Saúde do Adolescente da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo e coordenadora do Programa de Políticas Públicas para Mulheres da Secretaria de Justiça e Cidadania do Estado de São Paulo. A ação contou com a parceria do alfaiate Alexandre Mendonça, proprietário da Camisaria que leva o seu nome.

"Quero que essas frases ecoem alto por todos os cantos. Em primeiro lugar, que soem como proteção; dessa vez, com 'voz' para quem mais precisa. No início, meu objetivo era entregar essas máscaras de tecido para adolescentes do projeto que cuido com tanto carinho e para as mulheres vítimas de vulnerabilidade de todas as formas”, diz Dra. Albertina.

“Meu desejo como médica é que o maior número de pessoas tenha acesso [a essas máscaras].  Por isso nasceu nosso projeto", completa.

As máscaras serão distribuídas nos próximos dias em diversas ações. Das produzidas inicialmente, mil serão destinadas para que a ONG Doutores da Amazônia possa enviar para as comunidades indígenas do Xingu e ribeirinhas.

Outras 30 mil máscaras serão doadas para as famílias de colaboradores do Carrefour, um dos parceiros do projeto. Durante o lançamento, em Heliópolis, foram entregues 1.500 das primeiras máscaras confeccionadas pelas costureiras que participam da ação.

A frase escolhida pelo Carrefour para estampar as máscaras diz muito sobre o
momento atual: “Minha Proteção é a sua proteção”. O Diretor de Sustentabilidade do Grupo Carrefour, Lúcio Vicente, diz que o importante resultado desse apoio é saber que essas doações são de produtos certificados pela área médica e que vão contribuir para proteção de quem precisa.

O Projeto “Máscaras Solidárias” prevê mpregar costureiras das comunidades, que confeccionam as máscaras, obedecendo a um rigoroso protocolo na
elaboração do produto, que atende às exigências para proteção
ao novo coronavírus (Covid-19), com certificado médico.

O segundo ponto do projeto é a comercialização dessas máscaras para proteção solidária e geração de emprego e renda. Quem quiser ajudar o projeto, pode adquirir as máscaras estampadas de tecido por meio do site 
suamascarasolidaria.com.br.

O projeto prevê valores especiais para os empresários que desejem comprar as máscaras e apoiar a causa, destinando toda ou parte da compra para pessoas necessitadas, distribuídas em comunidades carentes.