Virtz Adolescentes dos EUA fazem campanhas para ajudar crianças

Adolescentes dos EUA fazem campanhas para ajudar crianças

Três jovens fizeram ações e contaram com a ajuda de suas comunidades para arrecadar diversos objetos e materiais para doação

  • Virtz | Do R7

Michael Platt está distribuindo alimentos para crianças carentes

Michael Platt está distribuindo alimentos para crianças carentes

Reprodução/Instagram Danita Platt

Com a pandemia do novo coronavírus, alguns adolescentes norte-americanos começaram a se movimentar e tomar consciência social para ajudar outras pessoas que estavam passando necessidade. Três jovens dos Estados Unidos resolveram se mobilizar com projetos individuais para proporcionar uma vida melhor para crianças carentes.

Michael Platt, de 15 anos, tem trabalhado voluntariamente arrecadando e doando milhares de lanches para distribuir a crianças que estão passando por dificuldades. Cada pacote que ele envia contém barras de proteína, amêndoas, sanduíches e garrafas de água. Ele foca nos jovens que ficaram com as escolas fechadas e acabaram perdendo o acesso a refeições diárias.

Já Chelsea Phair, de 11 anos, fundou uma instituição de caridade focada em arte. Segundo o GMA, no seu aniversário, em vez de pedir presentes, a menina pediu aos amigos que levassem materiais de arte para sua festa e, com isso, a aniversariante criou kits de arte para crianças em abrigos e lares adotivos.

Chelsea quer levar arte até os jovens que moram em abrigos

Chelsea quer levar arte até os jovens que moram em abrigos

Reprodução/Facebook Candace Phair

E CJ Matthews, de 13 anos, focou em coletar 1.000 cobertores para doar às crianças locais. Além disso, arrecadou doações de livros, luvas, brinquedos, produtos de higiene pessoal, alguns doces e salgadinhos também.

CJ faz sacolas com diversos materiais que coleta, além de cobertores para fazer doação

CJ faz sacolas com diversos materiais que coleta, além de cobertores para fazer doação

Reprodução/Instagram Kristen Matthews

Em entrevistas para o site norte-americano, todos os jovens disseram que querem servir de inspiração para outras pessoas e mostrar que, independentemente da idade, as pessoas podem realizar boas ações e melhorar outras vidas.

Últimas