Novo Coronavírus

Virtz Ajuda assistencial mantém família e dá educação de qualidade para filho

Ajuda assistencial mantém família e dá educação de qualidade para filho

Márcia Soares de Souza mora no sertão nordestino. Desempregada, ela conta com a ajuda de ações como a SOS Famílias do Sertão

  • Virtz | Do R7

Márcia Soares de Souza mora no sertão nordestino e conta com ajuda assistencial

Márcia Soares de Souza mora no sertão nordestino e conta com ajuda assistencial

Divulgação/ SOS Famílias do Sertão

A pandemia de covid-19 atrapalhou o trabalho de Márcia Soares de Souza, de 34 anos. Ela mora em uma casa própria com o marido, José Costa, de 24 anos, e os filhos Lara Letícia, de 17, Isadora Melissa, de 10, e o pequeno Artur Levi, de 6 anos, no sertão nordestino.

Seu marido continua empregado, trabalhando numa empresa de bebidas. Mas, com a quarentena, Márcia viu seus bicos como diarista desaparecerem. "Eu tinha três faxinas fixas, depois dessa doença, ninguém mais me chamou para trabalhar", diz ela. 

O que tem ajudado a família a se manter em pé é o apoio assistencial de ações como a SOS Famílias do Sertão, que presta auxílio a famílias em situação de vulnerabilidade social.

Ainda não contribuiu? Faça sua doação ao SOS Famílias do Sertão para que a ajuda continue chegando às pessoas que precisam

O filho mais novo de Márcia, Artur, conseguiu uma vaga há dois anos numa escola mantida por esse tipo de ação. "Ele mudou até o comportamento, era desobediente, bagunceiro, hoje é um outro menino", conta a mãe.

Além de fornecer educação de qualidade, a escola também ajuda a família em muitos aspectos, inclusive sociais. 

"Depois que ele entrou lá, tudo mudou. Eu tenho mais confiança de trabalhar e deixar o Artur na escola, eu confio, saio sem me preocupar", conta ela. "Lá ele tem a comidinha certa, a hora do almoço, do lanche."

Conheça mais sobre o SOS Famílias do Sertão e saiba como fazer sua doação.

Últimas