Alunos de Etecs e Fatecs incluem solidariedade na rotina escolar

Trabalhando de forma voluntária, estudantes produzem máscaras, álcool em gel e material de limpeza com ajuda de professores

Alunos produzem álcool em gel para doar a hospitais e casas de repouso

Alunos produzem álcool em gel para doar a hospitais e casas de repouso

Divulgação

Desde o início do isolamento social, professores e estudantes das Escolas Técnicas (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs) de São Paulo incluem a solidariedade na rotina de estudos para ajudar no combate à covid-19.

De acordo com os cursos e especialidades, alunos trabalham de forma voluntária para a produção de máscaras, álcool em gel e material de limpeza.

Para seguir todos os protocolos de proteção, o preparo da substância envolve apenas três estudantes por dia, no período da tarde. “Organizamos essa escala para que cada aluno acesse os laboratórios no máximo uma vez a cada 15 dias”, explica a diretora da Fatec Praia Grande, Luciana Guimarães. “Desta forma também é possível guardar o distanciamento adequado durante a produção.”

Em todo Estado, já foram produzidos mais de 15 mil máscaras, 1,5 tonelada de álcool em gel e 1,6 mil litros de material de limpeza. Todo o material é doado a hospitais, casas de repouso, entidades sociais e para a população próxima às unidades.