Virtz Apoio da comunidade ajuda a salvar café nos Estados Unidos

Apoio da comunidade ajuda a salvar café nos Estados Unidos

Com ajuda de vaquinha online, o local conseguiu se manter durante a pandemia e a proprietária quer retribuir o carinho

Café conseguiu se manter aberto graças a ajuda da comunidade

Café conseguiu se manter aberto graças a ajuda da comunidade

Reprodução/Instagram frannylous

Blew Kind abriu seu café sustentável, o Franny Lou's Porch, em abril de 2015 na Filadélfia, nos Estados Unidos. Porém, com as restrições que ocorreram devido à pandemia do novo coronavírus, o local fechou por um tempo e, na volta, os números ficaram bem abaixo dos dias normais.

"Nossos números caíram de 700 para 50 por dia logo no início. Tivemos que encurtar nossas horas, aplicar diretrizes adicionais de saneamento, instalar uma janela para que os vizinhos se sentissem confortáveis ​​para fazer pedidos e arrecadar muitos fundos", disse a proprietária para um jornal local.

Na tentativa de manter seu pequeno negócio ativo, a mulher resolveu fazer uma vaquinha online para arrecadar fundos e, também, conseguir pagar seus funcionários. A meta inicial era a de obter 53 mil dólares em duas semanas, porém a arrecadação alcançou mais de 60 mil dólares. E, com isso, a proprietária conseguiu seguir em frente e manter suas vendas de chá e café.

Blew disse que, além do dinheiro, ela queria manter a conexão com a comunidade que tanto a apoiou e incentivou durante todos esses anos.

Seu conselho para outros proprietários de restaurantes, cafés e pequenos negócios é: "Mantenha a cabeça erguida. Seja flexível, descanse e faça coisas que o deixem feliz. Confie em sua comunidade, faça ajustes em seus negócios para garantir que todos do seu bairro e vizinhos sejam bem atendidos e para que eles também gostem de você."

Últimas