Virtz App de transporte amplia programa voltado para motoristas mulheres

App de transporte amplia programa voltado para motoristas mulheres

'Elas na Direção', da Uber, começa a valer em dezembro em todo o país; as motoristas poderão optar por receber chamadas apenas de passageiras

A partir de dezembro, as motoristas da Uber terão opção de atender só mulheres

A partir de dezembro, as motoristas da Uber terão opção de atender só mulheres

Reprodução/Pixabay

A Uber anunciou nesta semana que vai expandir o programa "Elas na Direção" para todo o território nacional. Criado em parceria com a Rede Mulher Empreendedora, no fim do ano passado, o projeto tem como objetivo aumentar e fortalecer a comunidade de motoristas da Uber no Brasil. Até 8 de dezembro, todas as motoristas parceiras do país terão acesso às ferramentas do projeto.

Dentre as novidades está a U-Elas. Por meio dessa ferramenta, as mulheres motoristas terão a opção de receber somente chamadas de passageiras que se identificam como mulheres.

"A ferramenta U-Elas pode ser ligada a qualquer momento e está disponível exclusivamente para parceiras mulheres e de identidade não-binária. Entendemos que esse é um primeiro passo para que, no futuro, tenhamos um número suficiente de mulheres dirigindo para também oferecer essa opção para usuárias mulheres com a mesma eficiência que é marca registrada da Uber", diz Claudia Woods, diretora geral da Uber no Brasil.

Empoderamento pessoal e econômico

O programa também oferece uma plataforma educativa com cursos on-line sobre empoderamento pessoal e econômico. O conteúdo foi desenvolvido em parceria com a Iniciativas Empreendedoras, a Rede Mulher Empreendedora e a economista Gabriela Mendes.

"Conquistar a independência financeira sem abrir mão da flexibilidade e ajustando a atividade profissional de acordo com sua rotina pessoal: essa é a oportunidade que a Uber está oferecendo para milhares de mulheres brasileiras com o programa Elas na Direção", acredita Claudia.

"Um ano após lançar o programa, estamos honrando nosso compromisso de levar esse projeto a todas as cidades do Brasil e continuar incentivando que mais mulheres assumam a direção das suas vidas, tenham novas alternativas de renda e conquistem seus objetivos e sua independência pessoal e financeira como motoristas parceiras da Uber", reforça ela.

Últimas