Cachorro é adotado por time dos EUA e treinado para ser cão-guia

Labrador Spike, do Atlanta United, time da primeira divisão do futebol norte-americano, será adestrado no centro de treinamentos do clube

Spike tem apenas 12 semanas

Spike tem apenas 12 semanas

Reprodução/Instagram/@atlutdpup

Ele tem uma sala dentro do clube, viaja com o time no avião e até deixa a sua patinha em documentos... Spike, um labrador da cor caramelo, é o mais novo membro do Atlanta United. Mas não se trata apenas de um mascote. O cachorro está sendo treinado para ser um cão-guia.

Spike, de apenas 12 semanas de idade, é o primeiro cão-guia a representar um clube da Major League Soccer, a primeira divisão do futebol norte-americano. O presidente do United, Darren Eales, se mostrou feliz com o animal dentro do clube.

Leia também: Brasileiro emociona fã com aparição surpresa em tour pelo estádio

“Estamos realmente empolgados em tê-lo como nossa nova estrela contratada. Vamos ajudar a treiná-lo, adestrá-lo e aí, sem dúvida, ele será de grande utilidade para um veterano”, disse Eales, que firmou uma parceria com a VetDogs, que treina cachorros para auxiliar veteranos de guerra e socorristas com alguma deficiência.

View this post on Instagram

putting paw to paper 

A post shared by Spike (@atlutdpup) on

View this post on Instagram

good boys only 

A post shared by Spike (@atlutdpup) on

Spike estará no centro de treinamento do Atlanta pelos próximos 14 a 16 meses. O cão estará em campo nos dias de jogos e nos eventos comunitários do Atlanta United.

Curta a página de Esportes do R7 no Facebook

Neymar, Ronaldo, Pelé… Veja atletas que apareceram em ‘Os Simpsons’