Caminhões de refrigerante agora entregam álcool gel ao SUS

A Coca-Cola Femsa transporta o produto engarrafado e doado pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica) a hospitais de São Paulo

No lugar das garrafas de Coca-Cola, álcool gel

No lugar das garrafas de Coca-Cola, álcool gel

Coca-Cola Femsa / Divulgação

A Coca-Cola FEMSA Brasil liberou sua frota de caminhões para transportar mais 500 mil litros de álcool 70% líquido doados pelas usinas associadas à União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica) para a rede pública de saúde do estado de São Paulo. 

Saiba como se proteger e tire suas dúvidas sobre o novo coronavírus

Os recipientes serão direcionados às 16 regiões administrativas e entregues em centrais do Corpo de Bombeiros. 

"Contribuir neste momento tão difícil faz parte da missão da Coca-Cola Femsa Brasil de gerar bem-estar social nos lugares que estamos presentes. A união e a parceria com outras empresas nos permitem ir mais longe no atendimento à população que mais precisa", afirma o diretor geral da companhia, Ian Craig.

A iniciativa é uma parceria com a Unica, principal entidade representativa do setor sucroenergético brasileiro, responsável pela doação do álcool (produção e envase em galões de 250 litros e bombonas de 20 e 5 litros, já utilizáveis pelos serviços de saúde).

"Estamos mobilizados para contribuir com o abastecimento das unidades de saúde de álcool 70% para assepsia e essa parceria com a Coca-Cola nos deu a possibilidade de chegar a todo o estado. O momento é crítico e exige que todos os setores da sociedade se mobilizem", explica o presidente da Unica, Evandro Gussi.

Em outra ação para auxiliar o país no combate à covid-19, a Coca-Cola Femsa firmou acordo com a Secretária de Saúde do Estado de São Paulo e o Instituto Butantan com objetivo de ampliar a capacidade de processamento de exames para diagnóstico da covid-19. A meta é processar aproximadamente 26.000 testes diagnósticos nas próximas semanas.