Virtz Campanha distribui cestas básicas na periferia de São Paulo

Campanha distribui cestas básicas na periferia de São Paulo

Os alunos da Escola Comum arrecadaram 600 kits de alimentos que serão entregues a famílias carentes que moram em favelas

Os alunos têm a missão de escolher as famílias das comunidades que precisam das doações

Os alunos têm a missão de escolher as famílias das comunidades que precisam das doações

Reprodução/escolacomum.org

A ONG Escola Comum criou a campanha "Quebrada sem fome", na qual os alunos voluntários da organização estão arrecadando e distribuindo cestas básicas para famílias em situação de vulnerabilidade social nas periferias paulistas. Com o avanço da pandemia do novo coronavírus, a fome e a insegurança alimentar cresceram consideravelmente no país.

A organização se uniu com alunos e ex-alunos da Fundação Getúlio Vargas (FGV) para distribuir as cestas básicas nas favelas e comunidades de São Paulo. Até o momento, foram arrecadadas 600 cestas, que serão entregues neste domingo (11).

As famílias são selecionadas por alunos da organização da turma de 2021, num desafio de responsabilidade e liderança local para combater a fome, cada vez maior nessas regiões mais carentes.

A Escola Comum procura formar jovens lideranças nas periferias do Brasil com cursos que têm duração de um ano, com encontros semanais para aulas de política, economia, direito, gestão pública, história e outras áreas do conhecimento.

Para ajudar na campanha e fazer uma doação de qualquer valor, ou doar uma cesta básica no valor de R$ 80, basta entrar no site da campanha.

Últimas