Virtz Campanha nacional incentiva leitores a visitar livrarias físicas

Campanha nacional incentiva leitores a visitar livrarias físicas

Ação 'Tudo Começa na Livraria' precisa de ajuda para que um dos setores mais afetados pela pandemia possa voltar a ter movimento no Brasil

Campanha pede que leitores voltem a visitar livrarias

Campanha pede que leitores voltem a visitar livrarias

pixabay

Com a reabertura das livrarias em todo o país, a Livraria da Vila, de São Paulo, e livreiros de mais de 120 pontos de venda no país lançam a campanha "Tudo Começa na Livraria". A ideia é atrair visitantes para um dos setores mais afetados pela pandemia do novo coronavírus.

Apesar das vendas online tomarem uma grande proporção, com as lojas físicas reabrindo a preocupação é de que as livrarias tenham movimentação e visitas de leitores para que não precisem ser fechadas.

"Acreditamos que a relação com o cliente vai muito além do auxílio para encontrar títulos - engloba entender e amar o universo dos livros. Em nossas lojas, o atendimento segue a cartilha antiga, em que o livreiro tem as respostas na cabeça sem depender de um sistema", afirma Samuel Seibel, presidente da Livraria da Vila.

"Isso acontece justamente porque o livreiro ama o que faz, e isso é transmitido ao cliente, que acaba se tornando amigo da Vila e segue conosco por gerações", completa ele.

A campanha, que não tem data para acabar, começa com um convite para que as pessoas postem suas experiências e visitas às livrarias com a hashtag #tudocomeçanalivraria em suas redes sociais. As publicações serão divulgadas como forma de incentivo para incentivar hábitos como visitar as lojas físicas e presentear com livros.

A Livraria da Vila já anunciou que em todas as lojas há proteção de acrílico nos caixas, potes de álcool gel espalhados em diversos pontos, marcação no chão indicando distanciamento social seguro na fila do caixa e limitação de público para entrar nas lojas, mantendo um número máximo de visitantes de cada vez.

Últimas