Campanha pede doação de tablets e iPads para estudantes surdos 

O Centro de Educação para Surdos Rio Branco busca materiais de qualidade para o aprendizado adequado de pessoas com deficiência auditiva

Aluno do Centro de Educação para Surdos Rio Branco

Aluno do Centro de Educação para Surdos Rio Branco

Divulgação /CES

Diante da realidade que estamos vivendo, em um contexto de pandemia do novo coronavírus, o CES (Centro de Educação para Surdos Rio Branco), localizado na região de Cotia, em São Paulo, lançou uma campanha para arrecadação de tablets e iPads.

A falta de quipamentos adequados e internet de qualidade prejudicam o aprendizado dos estudantes. Isso torna a desigualdade social maior e reduz as oportunidades. Para as crianças e os adolescentes com deficiência auditiva, essas questões são ainda mais amplificadas.

Para os alunos surdos, os recursos tecnológicos têm uma função ainda mais importante no desenvolvimento do aprendizado, pois ajudam na acessibilidade e na comunicação. Foi pensando nessa realidade que surgiu a campanha.

A diretora do CES, Sabine Vergamini, conta que a ideia nasceu ao constatar que muitos alunos não possuem equipamentos adequados para o acesso às aulas remotas. Além disso, muitas vezes o único dispositivo disponível em casa precisa ser compartilhado com irmãos, pais e outros familiares, que também estão trabalhando ou estudando, precisando dividir o aparelho.

"Nós já emprestamos todos os tablets e iPads disponíveis na escola, mesmo assim não foi suficiente e muitos aparelhos dos próprios alunos também já quebraram, devido ao uso. Outro ponto é que existe uma grande carência desse tipo de material. A maioria das crianças tem acessado as aulas pelo celular, que não é o ideal por dificultar a visualização da Língua Brasileiras de Sinais (Libras), adotada em todas as aulas", explica a diretora.

Para doar

Para melhorar a qualidade do ensino e do aprendizado, os estudantes precisam de dispositivos que suportem os aplicativos Google Classrom e Hangouts Meet, com as seguintes configurações: Tablet com Sistema Operacional Android – requer Android 5.0 ou superior; e Ipad com sistema operacional iOS – requer iOS 11.0 ou superior.

A campanha conta com o apoio dos alunos da Monitoria Rio Branco, do Colégio Branco, responsáveis pela comunicação com os doadores e agendamento para a retirada dos equipamentos na Grande São Paulo. O número do contato para informações é (11) 94139-9231.

Caso seja arrecadado um número excedente de aparelhos, o material será encaminhado para outras instituições parceiras no ensino de crianças e jovens surdos.

Para saber mais informações sobre a campanha e sobre o centro de educação, basta acessar o site do CES.