Carreata comemora adoção de menina de três anos nos EUA

Impossibilitados de fazer festa por Reney, família teve a ideia de pedir para conhecidos celebrassem chegada dentro de seus veículos

Menina adotada ganha carreta como festa

Menina adotada ganha carreta como festa

Reprodução / ABC

Uma menina de 3 anos, de Brandenton, na Flórida (EUA), enfim realizou o sonho de encontrar uma nova família. A chegada da garota à nova casa, no entanto, não pode ser comemorada como os pais gostariam por causa da pandemia do novo coronavírus. 

Saiba como se proteger e tire suas dúvidas sobre o novo coronavírus

Reney esperava que os Wilsons a adotassem desde os sete semanas de idade, assim como adotaram sua irmã mais velha.

"Estávamos apenas esperando para completar nossa família", disse Lindsey Wilson, mãe de Reney.

O processo por pouco não foi prejudicado pelas restrições impostas pelo combate ao coronavírus, mas Reney acabou sendo adotada.

A proibição de aglomerações também não permitiu que fosse feita uma festa para marcar sua chegada. 

A família pediu então para familiares e amigos passarem de carro na frente da casa no oeste de Bradenton para celebrar a data.

Lindsey Wilson disse que após divulgar a ideia, imaginou que alguns carros participariam, mas não tanta gente. "Não esperávamos isso, e é tão especial ", comemorou.

A carreata uniu dezenas de amigos, socorristas e pessoas que sequer conheciam a família, mas foram à rua para mostrar apoio à adoção