Dermatologista explica como usar hidratante na rotina de cuidados com a pele

Todos os tipos de pele precisam de hidratação, mesmo as oleosas, e seguir o passo a passo dos produtos é essencial para ter bons resultados

O hidratante da linha Uniform & Matte da Garnier é o produto ideal para quem quer cuidar da pele e mantê-la saudável

O hidratante da linha Uniform & Matte da Garnier é o produto ideal para quem quer cuidar da pele e mantê-la saudável

Pressfoto/Freepik

Manter uma rotina de cuidados é fundamental para quem quer ter uma pele saudável e radiante, isso porque além do envelhecimento natural, a pele é exposta a agressões diárias como a poluição, os raios solares e sofre com os efeitos da alimentação desregrada e até de questões emocionais. Mas como criar uma rotina de cuidados que realmente traz benefícios para a pele, o maior órgão que temos? A dermatologista Marcele Trindade, da Sociedade Brasileira de Dermatologia, explica.

O primeiro passo é o da limpeza, que deve ser feita com sabonetes ou géis desenvolvidos para seu tipo de pele. “Pode-se completar a limpeza em seguida [ao sabonete ou gel] com água micelar, que promove a limpeza da pele sem agredi-la. A limpeza da pele retira, de certa forma, a oleosidade”, explica a médica. Depois de limpa, a pele está pronta para receber a hidratação. “O hidratante tem que ter textura e componentes próprios para cada tipo de pele para que ela não fique ressecada ou tenha o efeito rebote”, orienta.

Pele perfeita: descubra como sair do efeito rebote para o efeito matte

Se a rotina é diurna, então, logo depois do hidratante a pele já está pronta para receber o filtro solar. Se é noturna, é neste momento que os ácidos para tratamentos anti-idade ou para outra função entram em cena. Dra. Marcele explica que é muito importante seguir essa ordem corretamente. “Cada passo anterior prepara a pele para o tratamento seguinte. Aplicar os produtos na ordem errada pode fazer com que algum deles perca sua ação”, alerta a especialista.

Mas como escolher um bom hidratante?
Segundo a dermatologista, antes de escolher um hidratante para compor a rotina de cuidados, é importante saber qual é o tipo de pele da pessoa, já que os produtos são feitos especialmente para cada uma delas. Depois de saber essa informação, é necessário atentar-se para a composição dos produtos. As dicas da dra. Marcele para encontrar o hidratante ideal para cada tipo de pele são:
Peles secas: hidratantes com textura mais cremosa e mais concentrada, que contenham compostos a base de óleos vegetais, ácido hialurônico, alantoína, manteiga de karité, que darão mais hidratação e elasticidade à pele.

Pele oleosa: hidratantes com efeito matificante, oil free, não comedogênico, textura fluída em sérum ou gel, contendo princípios ativos que façam controle de oleosidade como ácido salicílico e zinco.

Pele mista: hidratantes fluidos, com controle de oleosidade, contendo ativos que façam isso sem dar um aspecto ressecado. Podem ter ativos como chá verde e alfahidroxiácido na fórmula.

Pele normal: sem muito segredo, já que ela é normalmente hidratada e responde bem a hidratantes em forma de gel, sérum ou cremes aquosos.

O hidratante facial Uniform & Matte
A Garnier tem o produto ideal para quem quer cuidar da pele e protegê-la dos efeitos do sol, da poluição, além de combater a oleosidade. O hidratante facial Uniform & Matte tem FPS 30 e Vitamina C, que é um antioxidante natural, que uniformiza e reduz imperfeições da pele*. O hidratante também tem efeito matte por 12h** e reduz marcas relacionadas a imperfeições em uma semana, deixando a pele mais lisa e uniforme. O produto é indicado para peles mistas a oleosas, inclusive as sensíveis, e deve ser aplicado suavemente no rosto, com movimentos circulares.

Veja a linha completa em: www.garnier.com.br/uniform-matte

*Marcas associadas a imperfeições. Teste com 60 participantes, auto avaliações
**Teste instrumental