Tici Pinheiro fala sobre Chá das Três: “Não teve preparo! Gosto de experimentar na hora"

De casa, a apresentadora estreia na websérie Chá das Três ao lado de Sabrina Sato e Mônica Carvalho

"Sinto falta da presença, do toque, do abraço. Porém, a possibilidade que temos hoje é essa", diz Ticiane Pinheiro

"Sinto falta da presença, do toque, do abraço. Porém, a possibilidade que temos hoje é essa", diz Ticiane Pinheiro

Reprodução/Record TV

A websérie Chá das Três é mais um lançamento do portal R7. Com seis episódios, a série conta com apresentação de Mônica Carvalho, Ticiane Pinheiro e Sabrina Sato, além de convidados em quadros especiais, mas todos, claro, respeitando o isolamento social. Para comentar sobre a estreia, o R7 conversou com a apresentadora Ticiane Pinheiro, que falou sobre o projeto: “A websérie é uma delícia, um papo gostoso e um espaço para compartilhar vivências. O público vai aprender, vai se identificar muitas vezes e risada não vai faltar”.

Mesmo à distância, Ticiane conta que o clima na gravação de Chá das Três é muito divertido. “Não paramos de falar um minuto! O pessoal que faz a edição está tendo trabalho [Risos]". O primeiro episódio estará disponível nesta quarta-feira (8), no R7 Virtz, no canal das apresentadoras no YouTube e no canal do R7 no YouTube. Embora o formato seja novo, Ticiane diz que não se preparou previamente, mas costuma aprender muito com os amigos e a família. “Sou uma esponja, pego o melhor que todo mundo tem a me oferecer. Aprendi sobre autocontrole, relacionamento com amigos, com a família... foi uma troca muito significativa com a Sá e a Mônica”.

Para conseguir gravar em casa, a apresentadora faz algumas manobras estratégicas. “Lá eu sou mãe. Não é como gravar na RecordTV. Não tem a separação do espaço e do momento de ser profissional. Eu peço para a Rafa entreter a Manu enquanto gravo, para que ela não entre no meu quarto, mas confesso que, às vezes, ela entra para ver se já acabou”, conta Ticiane, que enfrenta outro desafio relacionado à maternidade: “Sair de perto delas e me concentrar. Mãe está sempre ligada quando os filhos estão por perto”.

As gravações acontecem simultaneamente, com cada apresentadora em sua casa. “Sinto falta do contato mais próximo, da presença, do toque, do abraço. Porém, a possibilidade que temos hoje é essa, e é incrível poder usar da tecnologia para nos mantermos por perto. Pelo menos assim, matamos a saudade e colocamos o papo em dia”, comenta Ticiane.