Com Tici Pinheiro, empreendedora dá dicas para ter o próprio negócio

Apresentadora da Record TV conversou com Ana Fontes, que deu dicas para as mulheres que querem se tornar empreendedoras

Tici abriu a Super Live com dicas de empreendedorismo

Tici abriu a Super Live com dicas de empreendedorismo

captura de tela

Nesta quinta-feira (28), Ticiane Pinheiro entrevistou para a "Super Live SOS Famílias do Sertão", nas redes sociais da Record TV, a empreendedora Ana Fontes, eleita uma das mulheres mais poderosas do Brasil em 2019 pela Revista Forbes. A atração solidária teve como objetivo incentivar doações para a campanha que vai beneficiar famílias do Nordeste, que já enfrentam os reflexos da crise causada pela pandemia do coronavírus.

Fontes é CEO da Rede Mulher Empreendedora, que há dez anos presta apoio às empreendedoras do país. Ela chama a atenção para as dificuldades enfrentadas pelas mulheres no mundo dos negócios. “O medo é um dos obstáculos. A sociedade o tempo inteiro estabeleceu que a mulher tem um lugar para ela, que é o de cuidar do outro e não estar à frente, quando a gente faz essa mudança encontramos várias barreiras que podem minar a autoconfiança”, afirma.

A dica da CEO para quem quer se lançar no universo do empreendedorismo é começar pequeno. “A mulher precisa entender quais são seus pontos fortes e quais as dificuldades. Pode sonhar grande, mas começa usando o mínimo de recursos que puder. Ao invés de abrir uma casa de bolos, começa fazendo bolo em casa e vendendo para os familiares, aí depois amplia para amigos e vizinhança”, aconselha Fontes.

Como sobreviver à crise

Para quem viu os negócios estacionarem durante a pandemia, a orientação de Ana Fontes é a de cortar despesas e depois, se necessário, buscar crédito de forma consciente. “Se tem funcionário, tentar renegociar férias, jornada reduzida e mandar para casa quem faz parte do grupo de risco. Outra recomendação é negociar as dívidas com fornecedores”, explica.

Assista à entrevista na íntegra: