Novo Coronavírus

Virtz Confecção doa 10 mil máscaras de tecido para a Liga Solidária

Confecção doa 10 mil máscaras de tecido para a Liga Solidária

Acessório é feito a partir de retalhos da marca, que também produzirá outras 4 mil protetores para colaboradores e seus familiares

Marca vai doar 10 mil máscaras

Marca vai doar 10 mil máscaras

Divulgação

Idealizadora do movimento #VestindoHerois, para engajar a indústria da moda no combate à Covid-19 no Brasil, a fabricante de moda masculina Aramis vai doar 10 mil máscaras que estão sendo produzidas a partir do reaproveitamento de tecidos de suas peças.

As doações vão para a Liga Solidária, uma Organização da Sociedade Civil - (OSC) sem fins lucrativos e que impacta mais de 10 mil crianças, jovens, adultos e idosos em situação de alta vulnerabilidade social, atendidos durante o ano, em oito programas de educação e cidadania.

As máscaras estão sendo produzidas pela Lisfaty, uma das fornecedoras da Aramis em Santa Catarina, que abraçou o projeto e conta com o engajamento de 20 costureiras. As peças serão distribuídas em abrigos e asilos, por meio do apoio da Liga Solidária.

"Temos feito um exercício permanente para pensar em ações para colaborar de algum modo neste momento tão desafiador que estamos enfrentando. Foi então que entendemos que o movimento #VestindoHerois, que já doou 5 mil peças de roupas brancas para profissionais de saúde, poderia ser extrapolado em mais esta iniciativa em parceria com a Liga Solidária", conta Richard Stad, CEO da Aramis.

Além desta doação, também serão costuradas outras 4 mil máscaras adicionais, que serão distribuídas entre os colaboradores da Aramis e seus respectivos familiares, que receberão o acessório em suas casas. Atualmente a companhia emprega cerca de 700 pessoas em todas as regiões do país.

Últimas