CPTM lança programa de proteção para passageiras e colaboradoras

Oito estações terão o Espaço Acolher, para casos de assédio, oferecendo privacidade e evitando constrangimento a vítimas e testemunhas

Oito estações terão espaços para atendimento exclusivo de passageiras

Oito estações terão espaços para atendimento exclusivo de passageiras

WILLIAN MOREIRA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

A CPTM lançou nesta segunda-feira (9) um programa de proteção para as passageiras e colaboradoras da companhia. Chamada “Em Movimento por Elas”, a medida será permanente e o lançamento faz parte dos eventos do mês em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, celegrado neste domingo (8).

Leia também: Projeto que prevê a concessão do Metrô e CPTM avança na Alesp

Oito estações vão contar com espaços para atendimento exclusivo de passageiras que tenham sofrido qualquer tipo de importunação sexual nas estações e trens, denominados de “Espaço Acolher”. O objetivo do espaço, que funcionará durante todo o período comercial, é oferecer mais acolhimento, privacidade e evitar constrangimento para as vítimas e testemunhas.

Será implantado inicialmente nas seguintes estações:

09/03 – Estação Tamanduateí (10-Turquesa)
11/03 – Estação Pinheiros (9-Esmeralda)
12/03 – Estação Guaianases (11-Coral), Dom Bosco (11-Coral) e Tatuapé (11-Coral, 12-Safira e 13-Jade)
13/03 – Estação Carapicuíba (8-Diamante), Palmeiras-Barra Funda (7-Rubi e 8-Diamante) e Franco da Rocha (7-Rubi)

Além disso, uma nova pesquisa será realizada durante a próxima semana com o público feminino da companhia com o seguinte questionamento: sofreu importunação sexual no transporte público? Se sim, onde e se houve denúncia. O resultado ajudará em novas campanhas de conscientização contra o assédio sexual. Entre os dias 9 e 13, também serão realizadas ações de cultura, saúde e beleza.

A companhia foi a primeira empresa ferroviária do país a realizar pesquisa somente com mulheres em 2018, quando mapeou o perfil das mulheres, que representam mais de 50% dos passageiros. Foi apontado que 65% das passageiras têm entre 18 e 34 anos, 70% trabalha com carteira assinada e 58% é a responsável financeira pela casa.

A nova pesquisa “Voz Feminina” CPTM será feita somente com entrevistadoras mulheres para que as passageiras fiquem à vontade para responder e será realizada nas seguintes estações de maior movimento:

09/03 – Estação Brás (7-Rubi, 10-Turquesa, 11-Coral, 12-Safira e 13-Jade)
11/03 – Estação Palmeiras-Barra Funda
13/03 – Estação Prefeito Celso Daniel-Santo André e Pinheiros