Virtz Doação por testamento para instituições quadruplica em 2020

Doação por testamento para instituições quadruplica em 2020

Levantamento foi feito com base nas pessoas que aderiram ao programa Legado Solidário, um projeto da CNB/SP com grandes parceirias

Muitas pessoas estão aderindo as doações por testamento

Muitas pessoas estão aderindo as doações por testamento

pixabay

De acordo com o CNB/SP (Colégio Notarial do Brasil – Seção São Paulo), associação que reúne os cartórios de notas, o número de doações para instituições de caridade por meio de testamentos públicos cresceu 450% durante a pandemia.

A iniciativa Legado Solidário do CNB/SP tem parceirias com diversas instituições como o Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância), o Instituto Ayrton Senna, o GRAAC (Grupo de Apoio ao Adolescente e Criança com Câncer) e a AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente).

Essa ação é comum em outros países como Estados Unidos, Alemanha e Espanha desde 2016, agora vem ganhando visibilidade no Brasil. 

Em 2019,  apenas quatro testamentos tinham aderido ao projeto. Até o momento, em 2020, os cartórios de notas paulistas registraram 18 casos em que os testadores participaram da ação.

O aumento vem no mesmo embalo do grande crescimento pela procura dos testamentos públicos. Os cartórios brasileiros registraram nos últimos três meses um aumento de mais de 130% na procura pelo documento, passando de 1.249 testamentos em abril para 2.918 em julho.

Para elaborar um testamente, a lei exige a presença de duas testemuhas. Pode ser feito por qualquer um maior de 16 anos que esteja em plena capacidade e em condições de expressar a sua vontade.

Últimas