Doações pela internet ajudam ONGs que atuam no Pantanal

Saiba como ajudar organizações que estão trabalhando no combate aos incêndios no MS e no MT e no resgate de animais feridos pelo fogo

ONGs atuam no Pantanal durante incêndios

ONGs atuam no Pantanal durante incêndios

Divulgação/AMPARA

Diversas organizações não governamentais, as chamadas ONGs, estão atuando no pantanal na tentativa de amenizar o impacto do fogo que assola a região. As doações que chegam pela internet ajudam a financiar as brigadas comunitárias, o resgate de animais silvestres feridos e o auxílio às populações locais.

O Instituto Homem Pantaneiro é uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, que atua na preservação do bioma Pantanal e da cultura local e depende de doações para manter suas atividades.

"O recurso vindo das doações tem sido essencial para manter o maior número de brigadistas em campo, custeando deslocamento, transporte, alimentação e hospedagem. Estamos estruturando uma brigada que deve ficar permanente na Serra do Amolar, visto que as previsões de chuva são menores do que o esperado pela média histórica. Iremos lançar esta campanha na próxima semana, já que devemos continuar combatendo o fogo durante todo o ano de 2020", explica Letícia Larcher, bióloga do instituto. 

Para ajudar a organização ou obter mais informações, basta acessar o site.

A AMPARA Animal também está atuado nas áreas atingidas pelas chamas no Mato Grosso e no Mato Grosso do Sul. A ONG presta socorro aos animais com ferimentos mais superficiais ainda no local em que foram encontrados, mas aqueles em estado grave precisam ser levados para serem acompanhados pelos veterinários da organização.

O investimento necessário para manter as operação e os custos com suprimentos são altos. Para captar recursos e investir em medicamentos, em equipamentos de resgate e na alimentação dos animais em reabilitação, a AMPARA Animal e a AMPARA Silvestre lançaram a campanha de financiamento coletivo “Pantanal em Chamas”, uma espécie de vaquinha pela internet. Com 23 mil doações, a ONG arrecadou R$ 1,7 milhão de reais e superou a meta original que era de R$ 1,1 milhão. Ainda é possível contribuir com a ação através do site.

AMPARA durante resgate

AMPARA durante resgate

Divulgação/AMPARA

Além de doações, a ONG precisa de voluntários. Os profissionais de medicina veterinária com especialização em animais silvestres e experiência em resgate podem se candidatar para atuar no pantanal. Basta entrar em contato pelo e-mail contato@amparanimal.org.br. No assunto do e-mail, colocar "Voluntariado no Pantanal".

Com ajuda de doações, a WWF-Brasil também tem prestado apoio às regiões atingidas pelas chamas. A solidariedade de anônimos permitiu que fosse entregue uma tonelada de alimentos para comunidades que vivem na região. Para colaborar com o trabalho da organização, basta entrar na página de doações do site