Empresa de calçados cria ação para doar pares de tênis na pandemia

Tênis doados pela empresa Jorge Bischoff se transformam em arte e renda para bordadeiras, em Brasília, durante o isolamento social

Tênis doados se transformam em renda para bordadeiras de Brasília

Tênis doados se transformam em renda para bordadeiras de Brasília

Divulgação

A marca de sapatos Jorge Bischoff (JB) e a ONG Instituto Proeza criaram a ação Bordado Solidário para doar 40 pares de tênis, que ganharão novas estampas, executadas pelas mãos de mulheres em situação de vulnerabilidade social. Todo o resultado obtido com a venda será repassado para a artesã que bordou o produto. A ação tem curadoria de Dudu Bertholini, parceiro da JB em estratégias de comunicação e padrinho da entidade.

"É uma grande alegria poder contribuir com as mulheres que são detentoras dos nossos saberes ancestrais e incentivar a cultura e o artesanato brasileiro num momento como esse ", conta Dudu Bertholini.

Quatro estampas foram elaboradas para a ação: Rainbow, Confete, Flor e Beijo. Cada tênis será trabalhado com o desenho escolhido pelo consumidor. Além disso, junto com os calçado serão enviados uma máscara de proteção, com o mesmo tema do tênis, e um pequeno presente, um recorte de tecido identificando o nome da bordadeira que trabalhou naquela peça.

"Vamos entrelaçar dois mundos. Mais do que peças únicas, por serem tramadas uma a uma, e que transmitem vivacidade e alegria, quem recebe o tênis sabe da sua procedência e até o nome de quem o bordou. Eles chegam carregando uma história de empoderamento e empatia", destaca Natália Bischoff, diretora de Branding e Negócios da Jorge Bischoff.

A edição do projeto Bordado Solidário é limitada e a compra pode ser realizada por meio do site da Jorge Bischoff.