Empresa de delivery dobra gorjeta e destina R$ 25 mi para entregadores

Quantia será usada para expandir Fundo Solidário, destinado aos que têm sintomas de covid-19, e Fundo de Proteção, para os de grupo de risco

Entregadores vão ter gorjetas dobradas durante junho

Entregadores vão ter gorjetas dobradas durante junho

Reprodução / Pixabay

O iFood decidiu aumentar as medidas para ajudar na proteção dos entregadores que usam a plataforma por conta da pandemia. E para isso, até o final de junho, R$ 25 milhões serão usados para expandir o plano de benefícios em saúde, formado pelo Fundo Solidário e pelo Fundo de Proteção. Além dissoa empresa também via dobrar as gorjetas no próximo mês.

O Fundo Solidário é destinado para entregadores que apresentam sintomas da covid-19, o valor vai ser calculado com base nos repasses dos últimos 30 dias, proporcional ao período de 28 dias, que será o tempo do auxílio financeiro.

Já o Fundo de Proteção, para quem é do grupo de risco ou vive com familiares nessa condição, também foi estendido, até o final do ano, todos os entregadores que recebem essa ajuda ainda terão o valor dobrado, (que também é feito com base dos últimos 30 dias), para assim conseguirem se proteger e continuarem gerando renda para a família.

Roberto Gandolfo, vice-presidente da logística do iFood disse: "Foram muitos aprendizados nesses últimos meses e agora conseguimos ampliar as medidas de auxílio e proteção para esses parceiros fundamentais. Queremos desenvolver mais soluções e fazer com que esses profissionais se sintam ainda mais protegidos durante esse momento crítico".

A empresa ainda decidiu dobrar o valor das gorjetas arrecadadas durante o próximo mês. Os valores são repassados semanalmente e deve superar R$2,5 milhões.

Desde março, o iFood tem distribuído máscaras, kits de higiene, álcool em gel, além de materiais informativos para os profissionais de entrega que são cadastrados na plataforma.