Virtz Empresa farmacêutica doa R$ 2,4 milhões em bolsas de paracetamol

Empresa farmacêutica doa R$ 2,4 milhões em bolsas de paracetamol

Medicamento é recomendado pelo Ministério da Saúde e usado para tratar sintomas da covid-19; doação irá para 250 organizações de saúde

A farmacêutica HalexIstarvai está doando bolsas de paracetamol injetável

A farmacêutica HalexIstarvai está doando bolsas de paracetamol injetável

Divulgação

A empresa farmacêutica brasileira HalexIstarvai está doando o equivalente a R$ 2,4 milhões em bolsas de paracetamol injetável para mais de 250 hospitais e organizações de saúde no país.

O uso desse medicamento é recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde no tratamento dos sintomas associados à covid-19, como dor, mialgia e febre.

O paracetamol injetável, chamado de Halexminophen, será doado em bolsas prontas para o uso. Além de tratar os sintomas de covid-19, o medicamento contribui com o tratamento de pacientes em clínicas e hospitais que apresentam dor aguda, febre ou que estão no pós-operatório.

"A chegada do Halexminophen ao mercado brasileiro beneficiará os pacientes e o trabalho dos profissionais de saúde, que poderão contar com um produto eficaz, seguro e de manuseio muito mais prático. Buscamos trazer soluções que contribuam de forma significativa para os tratamentos médicos no país", afirma Paulo Dante Junior, CEO da HalexIstar.

De acordo com a empresa, essa nova formulação do paracetamol reduz significativamente a dor no local da injeção e a ocorrência de flebite, o que é mais comum ocorrer com outros analgésicos. Além disso, também reduz o consumo de opioides, drogas que atuam no sistema nervoso para a redução de dor e que podem provocar dependência.

A indústria farmacêutica brasileira HalexIstar é fruto da fusão entre a Química Istar e o Laboratório Halex Ltda, com sede em Goiás, fábrica no Ceará e escritório em São Paulo.

Últimas