Escola nos Estados Unidos arrecada alimentos durante os protestos

Após fechamento de supermercados, voluntários de Minneapolis se uniram para conseguir as doações para a comunidade

Escola arrecada alimentos para a comunidade de Minneapolis, nos EUA

Escola arrecada alimentos para a comunidade de Minneapolis, nos EUA

The Sheridan Story

Supermercados de Minneapolis, nos Estados Unidos, fecharam as portas durante os protestos provocados pela morte de George Floyd. A medida repentina deixou muitas famílias sem acesso à comida. Na tentativa de ajudar pais e alunos, a Sanford Middle School passou a arrecadar doações de alimentos. Mas o que eles não esperavam era uma mobilização tão grande da comunidade.

Dezenas de estabelecimentos haviam sido queimados ou saqueados. Após um pedido de ajuda, a diretora Amy Nelson publicou um texto nas redes sociais pedindo doação de 85 kits de alimentos e itens de higiene. A ideia é que as pessoas levassem até a escola no domingo.

Mas, ao chegar de manhã, se deparou com centenas de sacolas já no estacionamento. As pilhas de mantimento não paravam de chegar, assim como voluntários dispostos a organizar os produtos para a distribuição. A The Sheridan Story, uma organização local que atua no combate à fome, também colaborou com a ação.

"As pessoas esperaram mais de uma hora para deixar os alimentos, alguns começaram a deixar na avenida", disse Amy à TODAY Food.

Voluntários ajudaram a organizar as doações

Voluntários ajudaram a organizar as doações

Reprodução / Instagram The Sheridan Story