Estudantes enviam mensagens a idosos em isolamento social

Alunos de escolas em São Paulo, Rio, Recife e Brasília produziram mais de 400 cartazes, cartas e vídeos distribuídos para casas de repouso

Idosos de emocionam com mensagens de apoio

Idosos de emocionam com mensagens de apoio

Lar dos Velhinhos/Divulgação

Para a saudade causada pelo isolamento social, o afeto. Estudantes de diferentes cidades decidiram enviar mensagens para idosos que estão distantes das suas famílias e sem poder receber visitas por conta da pandemia do novo coronavírus em casas de repouso. 

Alunos dos colégios da rede Saber: Santi (São Paulo), pH (Rio de Janeiro), Motivo (Recife) e Sigma (Brasília) produziram mais de 400 cartas, cartazes, poesias e vídeos que estão sendo enviados durante todo o mês de maio aos idosos.

A proposta é levar, nesse momento de distanciamento, um pouco de alegria, amor, carinho e esperança e, ao mesmo, tempo, trabalhar nos estudantes, valores fundamentais, como solidariedade e empatia.

Idosos recebem carinho de estudantes

Idosos recebem carinho de estudantes

Lar dos Velhinhos/Divulgação

Para que as cartas e os vídeos chegassem em segurança, a psicóloga Priscila Fernandes, do Lar dos Velhinhos Bezerra de Menezes, em Brasília, explica que foram tomados todos os cuidados de higiene para evitar uma possível contaminação.

"As mensagens foram impressas e só uma pessoa teve contato, os vídeos foram gravados em um pendrive que foi devidamente higienizado."

Na data marcada, os idosos receberam as mensagens tanto em papel como em vídeo. Os mais lúcidos se emocionaram. "Alguns bateram palmas, outros choraram com saudade dos netos", conta Priscila. "Mas o mais importante é que renovou a esperança de tempos melhores."