Família isolada recebe comida de refugiados que ajudou no passado

Em meio à pandemia de coronavírus, gesto de solidariedade viralizou no Twitter. "Tão gentil... e estou tão agradecida", agradeceu mulher em post

Refugiados deixaram comida na varanda da família

Refugiados deixaram comida na varanda da família

Reprodução/Twitter

A canadense Robin Stevenson e seus familiares apadrinharam uma família de refugiados que foram para o Canadá em 2016. Recentemente, depois de precisarem se isolar devido à pandemia de coronavírus, eles foram surpreendidos com um gesto de amor: os refugiados fizeram compras de comida e deixaram na varanda da família, como um presente surpresa.

O relato de Stevenson foi compartilhado por ela em seu perfil no Twitter e viralizou. “Hoje, sabendo que estamos nos isolando, eles trouxeram sacos de comida para minha varanda da frente. Feijão, tâmaras, macarrão, lentilha, tahine, legumes, carne e doces para o meu filho. Tão gentil... e estou tão agradecida”, diz o post.

O forte vínculo entre as famílias ainda é tão presente, que os refugiados fizeram compras para os pais de Robin, que têm mais de 80 anos, moram na mesma rua que a filha e também não podem sair de casa. “Tão grata por esses amigos queridos e generosos”, disse ela.

“Eu queria compartilhar isso porque foi muito bonito, mas também porque quero que as pessoas entendam o quanto os refugiados fazem pelas comunidades em que se instalam”, continuou Robin na rede social.

Veja o post: