Família recebe apoio educacional, social e alimentar para se manter

Obrigada a fechar salão de beleza e com o marido em emprego instável, Naiara Amaral conta com ajuda do Projeto Nova Canaã na pandemia

Naiara Amaral de Sena com os filhos João Pedro e Sofia, auxiliados pelo Projeto Nova Canaã

Naiara Amaral de Sena com os filhos João Pedro e Sofia, auxiliados pelo Projeto Nova Canaã

Divulgação/ Projeto Nova Canaã

Manter uma família com dois adultos e três crianças não é fácil. Especialmente para quem se viu tendo de abandonar o trabalho, temporariamente, por conta da pandemia do novo coronavírus.

Esse é o caso de Naiara Amaral de Sena, de 31 anos. Ela mora no sertão nordestino com seu marido, João Marcos Florentino de Araújo, de 29 anos, sua filha Sofia, de 8, e os filhos de seu marido, João Pedro, de 10, e Adria, de 5 anos. Tanto João Pedro quanto Sofia fazem parte do Projeto Nova Canaã, estudando na escola mantida pela ação, que presta auxílio não apenas educacional, mas também social e alimentar para famílias em situação de vulnerabilidade social.

Veja como o Projeto Nova Canaã auxilia crianças e famílias carentes

"Meu esposo trabalha na roça, selecionando tomate, e sustenta a casa. Não é carteira assinada, ele recebe diária de R$ 50", conta Naiara. "Mas, depois da pandemia, o trabalho ficou fraco, porque tem muita aglomeração, semana passada ele só conseguiu trabalhar três dias", diz ela.

Das três crianças, apenas João Pedro e Sofia recebem o Bolsa-Família. "Só meu marido trabalha. Antes, eu tinha um salãozinho, mas fechei por causa da covid-19. A escola teve que fechar também e e eu fiquei em casa para cuidar dos meninos", conta Naiara.

Atualmente, a família conta apenas com a pequena renda de João Marcos e os auxílios que recebem do governo. "O pai da Sofia ajuda com uma quantia, não é uma pensão fixa. Ele não mora aqui, quando preciso de alguma coisa, vou na casa dos pais dele", conta ela.

Mudança total de vida

Hoje, Naiara e sua família moram numa casa mais confortável, mas houve um tempo em que ela e a filha moravam numa casa de dois cômodos: um era delas e o outro Naiara usava como salão. "O Canaã mudou muito a minha vida, é uma benção de Deus. Eles passam uma energia positiva, pra gente nunca desistir, e se preocupam também com a educação dos nossos filhos, que isso é o mais importante", acredita ela.

"A gente recebe os pães todo dia, então não precisamos nos preocupar em comprar. E tem os livros que as crianças ganham, sem falar das reuniões em família que me fazem muita falta", diz Naiara.

Nessas reuniões, temporariamente suspensas por conta da pandemia, a equipe do Projeto procura ajudar a comunidade com orientações sobre como educar as crianças e a vida diária.

"Recebemos do Projeto assistência familiar, social. A assistente social sempre vem aqui, me liga para saber como a gente está, se preocupa com o bem-estar de cada família, não apenas com a criança atendida, mas com toda a família", revela Naiara.

SOS Famílias do Sertão

Além de prestar auxílio às famílias em situação de vulnerabilidade, como a de Naiara, no início deste mês o Projeto Nova Canaã lançou a ação SOS Famílias do Sertão. A campanha pretende estender a ajuda social promovida para famílias do sertão nordestino, especialmente aquelas que estão passando por dificuldades por conta da crise causada pela covid-19.

A meta da campanha é ajudar mais de 500 famílias carentes. Clique aqui para fazer sua doação.