Coronavírus

Virtz Fast-food faz campanha para o concorrente por conta da pandemia

Fast-food faz campanha para o concorrente por conta da pandemia

Burger King pede que clientes comprem não só em sua franquia, mas também peçam lanches no McDonald's para ajudar funcionários 

Empresa deixou concorrência de lado pelo bem dos funcionários

Empresa deixou concorrência de lado pelo bem dos funcionários

Reprodução/Instagram Burguer King

Por conta da pandemia do novo coronavírus na Inglaterra, o fast-food Burger King pediu para que os clientes façam compras também em seu grande concorrente, o  McDonald's.

Como os casos de covid-19 ultrapassaram a marca de 1 milhão de pessoas no Reino Unido, o primeiro-ministro Boris Johnson disse que o país entrará em um novo bloqueio de um mês na quinta-feira (5), que restringirá os residentes de jantar em bares e restaurantes.

Com os drive-thrus e as entregas em casa como únicas opções, o "BK" fez uma publicação pedindo para que as pessoas encomendassem seus sanduíches não só em suas lojas, mas também no McDonald's, e deixassem essa rivalidade de lado em prol de um bem maior.

"Nunca pensamos que pediríamos a você para fazer isso, mas restaurantes que empregam milhares de funcionários realmente precisam do seu apoio nesse  momento, então, se você quiser ajudar, continue a comer refeições saborosas por meio de entrega em domicílio ou drive-thru. Comprar um Whopper é sempre melhor, mas pedir um Big Mac não é uma coisa tão ruim", afirmou a empresa.

Últimas