Filha monta salão de beleza em casa para mãe com Alzheimer

Pandemia impediu que idosa fosse até o cabelereiro que frequenta há 20 anos e ganhou de presente um dia de beleza em cozinha adaptada

Filha cortou o cabelo da mãe no salão improvisado na cozinha de casa

Filha cortou o cabelo da mãe no salão improvisado na cozinha de casa

Reprodução/ Youtube - Erica Steiner

Erica Steiner mora em Los Angeles, nos EUA, e cuida de sua mãe que tem Alzheimer. Com a pandemia do novo coronavírus, a jovem percebeu que a idosa estava triste por não poder ir cortar, pintar e pentear o cabelo no lugar que frequenta há 20 anos. Para resolver essa situação e trazer mais alegria para a família, ela teve a ideia de montar um salão de beleza na cozinha de casa.

Apesar de ser uma brincadeira, tudo foi feito para simular uma situação real. A filha deu o nome do salão de Genesis Hair Design, fez uma placa com os serviços oferecido e destacou que tudo seria feito de graça. O dia de beleza foi filmado e postado nas redes sociais.

Todos os serviços do salão improvisado eram grátis

Todos os serviços do salão improvisado eram grátis

reprodução/ YouTube - Erica Steiner

A mãe ficou sentada em uma cadeira de escritório enquanto Erica lavava, cortava, secava e pintava os fios brancos. Por ser um local improvisado, o lavatório profissional foi substituido pela própria pia da cozinha.

Assim que o trabalho acabou, a mãe se olhou no espelho, conferiu o resultado e não demonstrou que tivesse gostado do que viu. A expressão séria da exigente cliente não desanimou a cabeleireira que já estava acostumada com essa reação. 

A jovem escondeu o desapontamento e deu risada da situação. "As pessoas com Alzheimer às vezes imitam as nossas emoções, iguais aos bebês que sorriem de volta quando você sorri para eles", explica Erica.

A mãe precisou olhar outras vezes para a própria imagem no espelho até reconhecer o ótimo trabalho da filha e afirmar: "ficou lindo". Erica usa as redes sociais para mostrar situações do dia a dia das duas e dar dicar de como cuidar de pessoas com Alzheimer.