Formandos doam fundo de viagem para ajudar comunidade indígena

Após ter o passeio cancelado, alunos da escola Santa Fe Waldorf, nos Estados Unidos, decidiram contribuir com região afetada pela covid-19

Formandos revertem valor de passeio em doações

Formandos revertem valor de passeio em doações

Facebook/Santa Fe Waldorf School

Alunos da escola Santa Fe Waldorf School, nos Estados Unidos, doaram o valor do fundo da viagem de formatura para ajudar a região de Navajo Nation durante a pandemia. A comunidade indígena apresenta um grande número de infectados pelo novo coronavírus.

O isolamento social causado pela covid-19 atrapalhou os planos da turma da 8ª série. Desapontados com o cancelamento do passeio, os estudantes tiveram a ideia de reverter o valor gasto em uma boa ação.

Os suprimentos foram levados para a comunidade indígena

Os suprimentos foram levados para a comunidade indígena

Reprodução/Jess Falkenhagen

"É um grande evento e eles vêm trabalhando nisso há anos. Não é apenas um evento anual, é uma viagem depois de ficarmos juntos da primeira à oitava série”, explica a professora Daisy Barnard, em entrevista à ABCNews.

Os jovens arrecadaram US $ 2.800, cerca de R$ 14.000, para uma expedição de rafting que duraria seis dias. O valor foi revertido em alimentos, produtos de higiene pessoal, itens para bebês e produtos de limpeza.

Indie Russell, um aluno do 11ª ano, fez máscaras caseiras para doar na mesma região, que fica no Arizona. Uma van reuniu todos os suprimentos e voluntários mascarados esperavam para ajudar a descarregar as doações.