Gincana quer mobilizar 10 milhões de jovens para combater a fome

Proposta do Desafio 10x10 é alimentar 10 milhões de famílias em situação de vulnerabilidade neste momento de enfrentamento à covid-19

Proposta da ação é mobilizar jovens num grande arrecadação para ajudar famílias em situação de vulberabilidade social durante a pandemia

Proposta da ação é mobilizar jovens num grande arrecadação para ajudar famílias em situação de vulberabilidade social durante a pandemia

Divulgação

Edgard Gouveia Júnior, urbanista e especialista em jogos cooperativos, apoiado por ONGs, artistas, influenciadores, líderes religiosos e iniciativa privada, criou o Desafio 10x10, uma gincana nacional que pretende engajar 10 milhões de jovens para arrecadar fundos destinados a alimentar 10 milhões de famílias em situação de vulnerabilidade social, provocada pela pandemia de covid-19.

"Artistas, esportistas e outras celebridades participarão da gincana mobilizando suas respectivas bases de fãs. Será uma grande mobilização em favor do Brasil, usando o que os brasileiros têm de melhor, ou seja, sua criatividade e capacidade de entrega em favor do próximo", diz Edgard Gouveia.

O Desafio 10x10 foi lançado no dia 22 último e vai durar 30 dias. A proposta é transformar a internet brasileira em uma grande gincana virtual, focando nos jovens como protagonistas. 

Gamers e youtubers unidos na causa

Durante a primeira semana da ação, vários dos maiores gamers e youtubers do Brasil vão mobilizar suas comunidades de fãs e seguidores para arrecadar fundos para a aquisição de cestas digitais de alimento, destinadas às famílias que necessitam desse amparo. Dentre os apoiadores, estão Bruno Playhard e Pedro Gelli, que, juntos, somam 14 milhões de seguidores em suas redes sociais.

"Vamos engajar a sociedade em uma coopetição. É uma mistura de cooperação e competição, entre as diferentes comunidades virtuais de fãs e torcedores das celebridades envolvidas. Também vamos trazer funcionários, famílias e amigos das empresas e organizações que estão aderindo ao Desafio, além das pessoas em geral. É a nação inteira mostrando que brasileiro cuida de brasileiro", afirma Edgard.

As cestas básicas digitais arrecadadas durante o Desafio serão distribuídas, durante três meses, para as famílias cadastradas pela iniciativa. Por meio delas, as famílias poderão comprar produtos alimentícios e de limpeza. 

A Doare, plataforma especializada em arrecadação de doações online, fará a gestão dos fundos, que serão distribuídos às famílias pelas ONGs Gerando Falcões, CUFA (Central Única das Favelas) e ChildFund.

"O coronavírus vai intensificar uma situação de empobrecimento que já vinha sendo observada. Os mais vulneráveis serão afetados de maneira devastadora, com os efeitos da desigualdade sendo intensificados e potencialmente gerando uma grave crise social", diz Edgard.

Como funciona o desafio

A base da gincana será a plataforma Desafio 10x10. É nela que os apoiadores estarão desafiando suas bases de fãs, amigos e parentes, a partir das paixões que movem todos os brasileiros, como música, esportes e games. O desafio proposto consiste em: contribuir para a arrecadação e trazer pelo menos 10 novas pessoas de suas respectivas redes. O resultado será exibido em tempo real na plataforma.

"O sociólogo Betinho já dizia que que tem fome, tem pressa. É este sentido de urgência que nos fez criar e lançar o Desafio 10x10. Temos um grupo enorme e altamente qualificado de voluntários que estão ajudando a fazer a gincana acontecer e a adesão de empresas, entidades da sociedade civil e religiosas, além de artistas e celebridades só cresce", acredita Edgard.