Goleiro cobre mascote que morria de frio antes de partida do Inglês

Português Rui Patrício, do Wolverhampton, percebeu que pequeno menino batia dentes com baixa temperatura e doou seu próprio agasalho

Rui Patrício, do Wolverhampton, percebeu logo que garoto estava com frio

Rui Patrício, do Wolverhampton, percebeu logo que garoto estava com frio

David Klein/Reuters - 8.1.2020

Crianças, em geral, fazem de tudo para estar perto de seus ídolos. Daí sentir frio já é demais. O goleiro português Rui Patrício, do Wolverhampton, percebeu que o pequeno mascote batia os dentes com a baixa temperatura e entregou seu agasalho, antes da partida contra o Watford, fora de casa, na primeira partida do ano das equipes no Campeonato Inglês.

Nas imagens, é possível identificar que o menino confirma a Patrício que está sentindo frio. O jogador ainda chega a falar com um companheiro de equipe e rapidamente entrega o agasalho. Ao receber o presente, o garoto, que não teve o nome divulgado na imprensa britânica, abriu um sorriso tímido.

Apesar do gesto, o Wolverhampton perdeu para o Watford por 2 a 1 — Patrício não teve culpa nos gols.

Curta a página de Esportes do R7 no Facebook

Dubai, praia do Rio, família… Confira como foram as férias dos boleiros