Virtz Grupo doa próteses para sobreviventes do câncer de mama

Grupo doa próteses para sobreviventes do câncer de mama

Objetivo é contribuir no resgate da autoestima de mulheres vítimas de câncer de mama que passaram por mastectomia

A prótese areolar criada no Natalia Beauty é feita com silicone de grau médico autocolante

A prótese areolar criada no Natalia Beauty é feita com silicone de grau médico autocolante

Reprodução/Pexels

O Grupo Natalia Beauty abre inscrições para o Projeto FlowRescer, uma ação com o intuito de resgatar a autoestima de mulheres sobreviventes do câncer de mama. Desde a primeira edição, realizada em janeiro deste ano, já foram mais de 10 mil mulheres ajudadas por meio da distribuição de próteses mamárias. E a previsão é de distribuir mais de 100 mil até o final do ano.

"Mulheres que se submetem a retirada da mama podem desenvolver baixa autoestima e tendem a limitar suas interações sociais. Nosso propósito é resgatar a autoestima dessas mulheres, sua confiança e liberdade. É como um toque final no processo de cura, é o FlowRescer", afirma Natalia Martins, CEO do grupo.

Para receber a prótese gratuitamente em casa, em qualquer região do Brasil ou fora dele, as mulheres interessadas devem se inscrever por meio do formulário disponível no site.

Prótese adequada

Além disso, para garantir a adequação, é preciso enviar foto da mama para análise especializada da equipe técnica, conduzida por Éderson Orlandi, professor especialista em prótese e anaplastologia. Essa área da medicina é focada na reabilitação do paciente que sofreu desfiguramento, e se dá por meio da criação de próteses restaurativas, o que possibilita a recuperação funcional e estética da área afetada.

"Quando o médico diagnostica que a área afetada não pode ser reabilitada por meio de cirurgia plástica, a anaplastologia vem como uma alternativa. No caso da aréola, por exemplo, ela representa a feminilidade e, quando a mulher recebe a prótese, ajudamos a recuperar não só a estética, mas reabilitamos a alma", afirma o especialista.

Tempo de vida da prótese

A prótese areolar criada no Grupo Natalia Beauty é feita com silicone de grau médico autocolante. Para as mulheres que desejam ainda mais segurança na hora de usá-la, recomenda-se adquirir uma cola especial.

De acordo com Natalia Martins, a prótese fica fixa na pele por cerca de 40 dias, mas, após esse período, basta higienizar, reaplicar a cola e usar a mesma prótese, que tem prazo de validade indeterminado.

"A duração dessa prótese vai depender do bom uso e da higienização adequada, que deve ser feita com uma gaze umedecida com soro fisiológico. É bem simples", finaliza a empreendedora.

Nanopigmentação paramédica

Além da doação de próteses de aréola, o Grupo Natalia Beauty também oferece, de forma gratuita, a reabilitação da aréola por meio da nanopigmentação paramédica, uma evolução da micropigmentação.

O procedimento é semipermanente, não invasivo, e consegue reproduzir a aréola por meio da pigmentação superficial da pele. Durante o procedimento, o profissional cria efeitos e traços específicos que se assemelham ao aspecto natural da mama. As mulheres interessadas devem agendar o procedimento no próprio site do grupo. 

Últimas