Virtz Hospital do GRAACC chega a 900 transplantes de medula óssea

Hospital do GRAACC chega a 900 transplantes de medula óssea

Na pandemia, a realização de transplantes haploidênticos, com doadores parcialmente compatíveis, cresceu 60% na instituição

Durante a pandemia, a realização de transplantes cresceu 60% no GRAACC

Durante a pandemia, a realização de transplantes cresceu 60% no GRAACC

Reprodução/PXhere

O Centro de Transplante de Medula Óssea (TMO) do Hospital do GRAACC é referência em casos de alta complexidade no tratamento do câncer infantojuvenil e atingiu a marca de 900 transplantes de medula óssea realizados.

Durante a pandemia, o procedimento conhecido como haploidêntico cresceu 60% e impulsionou os transplantes no centro, inaugurado há 21 anos. Em média, são realizados entre 75 e 80 procedimentos por ano para tratar casos de leucemias, neuroblastomas de alto risco e tumores do sistema nervoso central.

"O transplante haploidêntico tem ocorrido com maior frequência. O doador pode ser o pai, mãe, irmão ou filho, ou seja, parentes de primeiro grau, para terem 50% de compatibilidade com o transplantado. As chances de cura são praticamente as mesmas de um doador 100%", explica Renata Fittipaldi, médica e coordenadora do Centro de TMO do Hospital do GRAACC.

"Em tempos de pandemia é uma grande vantagem, pois o doador está próximo e não é necessário aguardar a procura por um doador do banco. Isso agiliza a realização do procedimento e, consequentemente, amplia as chances de cura, pois o câncer não espera. Em 2019, foram realizados 15 transplantes desse tipo. Já em 2020, esse número cresceu para 24. Só no 1º semestre de 2021 já realizamos 14 transplantes haploidênticos", completa ela.

Expertise em medula

O Centro tem expertise na manipulação, congelamento e processamento das medulas, com o centro de criopreservação de células tronco.

"Existem 119 centros transplantadores registrados pela Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos e o GRAACC está entre os 53 centros que fazem o processamento de medula. Considerando os diferenciais do paciente pediátrico, somos especialistas em congelamento e lavagem das células, especialmente para pacientes abaixo de 15 quilos, o que nos dá uma experiência singular neste segmento", acrescenta Renata.

Últimas