Hospital faz 'abraço virtual' para conscientizar sobre câncer infantil

Por causa da covid-19, o tradicional abraço de funcionários e voluntários do ITACI, em São Paulo, terá que ser feito de uma maneira diferente este ano

Hospital atende crianças e adolescentes com câncer

Hospital atende crianças e adolescentes com câncer

Divulgação

O tradicional abraço em volta do hospital que a equipe de funcionários e voluntários do ITACI (Instituto de Tratamento do Câncer Infantil), em São Paulo, promovem anualmente será feito de uma maneira diferente no próximo dia 22.

A iniciativa ocorre como forma de conscientização, prevenção e combate ao câncer infantil. Sem poder ter contato físico, devido à pandemia do coronavírus, o abraço será virtual.

Diversas personalidades gravaram vídeos de braços abertos para a campanha.

Participam os cantores de pagode Denis Baum, Juninho, Salgadinho e Ivo Meirelles; os atores Flávio Galvão, Isa Scherer, Talita Coling, Renata Brás e Suzy Rego; o fotógrafo Flávio França e a apresentadora Claudete Troiano.

O hospital é público e realizou, em 2019, mais de 50 mil consultas, 5.000 sessões de quimioterapia e 60 transplantes de medula óssea em crianças e adolescentes portadores de câncer ou de doenças hematológicas raras.

A campanha do abraço também é o momento em que muitas pessoas fazem doações à instituição.

Neste ano, as arrecadações serão feitas por meio da plataforma de engajamento social Gooders.

A iniciativa pretende arrecadar R$200 mil, que serão revertidos para tratamentos individualizados, com mais oportunidades de exames e medicações complementares.

Para se ter ideia, um medicamento de dose única pode custar até R$ 50 mil, o que significa que este total viabiliza a recuperação de quatro ou mais crianças.