Instituição educacional produz aventais com ajuda de voluntários

Senac São Paulo conta com o apoio de funcionários, docentes, alunos e o público em geral para confeccionar itens de proteção individual (EPIs) 

Voluntários podem se cadastrar no site do projeto

Voluntários podem se cadastrar no site do projeto

Divulgação

Profissionais da área de saúde estão lidando com a falta de equipamentos de proteção individual (EPIs) durante o combate à covid-19 nos hospitais. Na tentativa de atenuar os efeitos da pandemia, uma iniciativa do Senac São Paulo reúne voluntários para produzir aventais e protetores faciais.

Funcionários, docentes, alunos e o público em geral estão empenhados no projeto ‘Aventais do Bem’. Mais de 12.000 itens serão confeccionados para doação, além de mais de mil máscaras de proteção, feitas a partir da tecnologia das impressoras 3D.

"No momento da pandemia, precisávamos proteger os alunos, os funcionários e também acolher nossos parceiros. Por termos muitas atividades relacionadas às práticas educacionais nas áreas de saúde, bem-estar, segurança do trabalho e tantas outras, acabamos utilizando muitos materiais de proteção individual e mesmo de higiene. Então, nos mobilizamos e direcionamos o que tínhamos em estoque para instituições de saúde e casas de apoio", afirma Juliano Marcio Calderero, Gerente de Comunicação e Relações Institucionais.

A entrega está prevista para o final de junho e início de julho, considerando o momento de maior necessidade dos profissionais que estão na linha de frente da lutra contra o novo coronavírus. Aos interessados em fazer parte do projeto Aventais do Bem, basta acessar o site.