Instituto de Tênis muda vida de crianças que sofrem com autismo

2 de abril é o Dia Mundial de Conscientização do Autismo. Projeto mostra como crianças podem se beneficiar dos valores que o tênis proporciona

Instituto Tênis ajuda na formação de novos atletas

Instituto Tênis ajuda na formação de novos atletas

Reprodução/Instagram @institutotenis

2 de abril é o Dia Mundial de Conscientização do Autismo. E o Instituto Tênis, por meio do Projeto Massificação Maria Esther Bueno, reforça o papel social do esporte e como as crianças podem se beneficiar dos valores que o tênis proporciona.

Dois bons exemplos são os atletas autistas Daniel, de 11 anos e Lorena, de 10, que treinam e se desenvolvem no Núcleo do projeto em Recife.

De acordo com a mãe de Daniel, sua qualidade de vida mudou totalmente desde que ele passou a fazer parte do projeto:

“Daniel era uma criança muito ansiosa. Apresentava dificuldade motora. Mas ao começar a praticar o tênis, a gente percebeu que sua ansiedade diminuiu bastante, a coordenação melhorou, a interação social também. Os professores também têm a sensibilidade de entender as dificuldades de cada aluno e prepara-los para as aulas de uma forma bem dinâmica, para que as crianças interajam bastante. Como mãe, eu percebo que a inclusão está muito presente.”

Apesar de toda a eficácia do projeto na vida das pessoas, no momento os treinos estão suspensos por conta do isolamento social acarretado pela pandemia de coronavírus.

Neymar explica futevôlei após ser criticado por imprensa na Espanha