Virtz Itália realiza exposição virtual e gratuita de Dante Alighieri

Itália realiza exposição virtual e gratuita de Dante Alighieri

Galeria mostra esboços raramente vistos da Divina Comédia em exibição online, para marcar 700 anos da morte do poeta

Pintura de Dante Alighieri  por Andrea del Castagno

Pintura de Dante Alighieri por Andrea del Castagno

Francesco del Vecchio e Roberto Palermo/Le Gallerie Degli Uffizi

Oitenta e oito desenhos raramente vistos do poema "A Divina Comédia", de Dante Alighieri, foram colocados em exibição virtual, em um calendário de eventos de um ano para marcar o 700º aniversário da morte do poeta italiano. Os desenhos, do artista renascentista Federico Zuccari, do século XVI, estão sendo exibidos gratuitamente pela Galeria Uffizi, em Florença.

"Até agora, esses belos desenhos só foram vistos por alguns estudiosos e exibidos ao público apenas duas vezes, e apenas em parte", disse Eike Schmidt, diretor da Uffizi. "Agora eles são publicados na íntegra, ao lado de um comentário didático-científico, onde estarão livremente disponíveis", disse ele ao site de notícias The Guardian.

Dante Alighieri, conhecido como o pai da língua italiana, nasceu em Florença em 1265 e morreu e foi enterrado em Ravenna, em 1321. Seu poema épico, A Divina Comédia, é dividido em três partes e traça a jornada de um peregrino através do inferno, purgatório e céu.

Desenho da parte Paraíso

Desenho da parte Paraíso

Sesto cielo di Grove: i beati si dispongono a forma di lettere e por d'aquila/Le Gallerie Degli Uffizi

Durante uma estadia na Espanha entre 1586 e 1588, Zuccari deu vida a 88 ilustrações: 28 são representações do inferno, 49 do purgatório e 11 do céu. Após a morte de Zuccari em 1609, os desenhos foram mantidos pela nobre família Orsini, para quem o artista havia trabalhado, e mais tarde pela família Medici antes de se tornar parte da coleção Uffizi em 1738.

Devido à sua fragilidade, apenas uma seleção dos desenhos de lápis e tinta foram exibidos publicamente no passado. A primeira vez foi em Florença, em 1865, para marcar o 600º aniversário do nascimento de Dante, bem como a unificação italiana, e a segunda vez foi para uma exposição em Abruzzo, em 1993.

"A Galeria Uffizi está realmente orgulhosa de abrir o aniversário da morte do grande poeta, disponibilizando esta extraordinária coleção de arte gráfica para todos", disse Schmidt.

Ele acrescentou que as obras eram "material valioso" não apenas para os pesquisadores, mas também para aqueles apaixonados por Dante e interessados em sua busca por "conhecimento e virtude".

Eventos comemorativos do aniversário da morte de Dante devem ocorrer durante todo o ano em Florença, Ravenna e outras 70 cidades e vilas italianas ligadas ao poeta.

Últimas