JBS doa R$ 320 milhões em três semanas para combate à covid-19

Empresa ainda vai investir mais 80 milhões em programa de solidariedade; ajuda será destinada a 18 estados e 197 municípios

Avião trouxe equipamentos da China para o RJ

Avião trouxe equipamentos da China para o RJ

Divulgação/Prefeitura do Rio

A empresa JBS já deu destino a R$ 320 milhões em doações para ajudar no combate à covid-19 no Brasil. A estimativa é que o valor, que será usado em saúde, assistência social e ciência, beneficie até 63 milhões de pessoas.

O montante equivale a 80% dos recursos previstos para ajudar no controle da doença. As doações chegarão a 197 cidades brasileiras de 18 estados mais o Distrito Federal. O auxílio é entregue em bens e serviços, de acordo com as necessidades de cada local.

Em São Paulo, por exemplo, a JBS doou o serviço de fisioterapeutas para a operação de respiradores. No Rio de Janeiro, a empresa financiou o fretamento de um avião para trazer da China equipamentos e medicamentos. Já em Salvador, os recursos vão bancar parte da segunda tenda do hospital de campanha.

A definição sobre como os recursos serão empregados é feita com base no diagnóstico dos sistemas de saúde municipais e estaduais. Os dados são avaliados por especialistas dos três comitês independentes do programa da empresa nas áreas de saúde, social e ciência.

Veja o balanço das doações da companhia até o momento
• Construção de dois hospitais modulares: em Ceilândia, no Distrito Federal, e em Porto Velho, Rondônia.
• 47 ambulâncias.
• Mais de 1.100 camas clínicas e de UTI, por R$ 6,7 milhões ao todo.
• 15,846 milhões de unidades de EPIs (equipamentos de proteção individual) para 150 cidades, totalizando R$ 52,1 milhões.
• 265 respiradores.
• 885 monitores multiparâmetros no valor de R$ 26,6 milhões para 55 cidades de 14 estados: Acre, Pará, Rondônia, Tocantins, Bahia, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.
• 460 bombas de infusão.
• 400 mil frascos de álcool líquido, álcool em gel, água sanitária, sabonete líquido e desinfetantes hospitalares.
• 407 mil máscaras de pano para 18 municípios.
• Prestação de serviço de 60 fisioterapeutas pulmonares.
• R$ 8 milhões para organizações sociais sem fins lucrativos que atendem cerca de 500 mil pessoas no Brasil.
• Disponibilização de recursos para 12 pesquisas científicas.