Virtz Jornalista com doença rara fala sobre superação na profissão

Jornalista com doença rara fala sobre superação na profissão

Myra Ali nasceu com epidermólise bolhosa, uma condição rara e muito séria, mas isso não a impediu de realizar seus sonhos

Para Myra, a doença rara se torna um trunfo na hora de entrevistar as pessoas

Para Myra, a doença rara se torna um trunfo na hora de entrevistar as pessoas

Reprodução/Instagram/myraaliedit

A jornalista Myra Ali, de 33 anos, tem como especialidade entrevistar atores e modelos de Hollywood. Mas o que faz mesmo a diferença, segundo ela, é a rara condição de saúde que possui.

Myra nasceu com epidermólise bolhosa distrófica, uma doença sem cura que causa a tendência à formação de bolhas na pele e nas mucosas, o que é bastante dolorido e danoso. Afetando uma em cada 50.000 pessoas em todo o mundo, é causada por defeitos nos genes, que podem ser herdados ou ocorrer espontaneamente. 

Por causa disso, atividades simples como tomar banho se tornam um verdadeiro martírio e as sucessivas feridas a fizeram perder praticamente todos os dedos das mãos. Diariamente ela passa mais de uma hora se cobrindo de curativos para poder proteger toda a extensão de pele ferida. 

Myra com Jamie Foxx e Michael B Jordan

Myra com Jamie Foxx e Michael B Jordan

Reprodução/Instagram/myraaliedit

Em uma entrevista ao Good Morning America, ela afirmou acreditar que sua doença é um fator importante para o desempenho de seu trabalho.

"Quando os artistas me veem, eles percebem que eu já passei por muita coisa, então se torna mais confortável para eles se abrirem comigo de forma profunda, pois sabem que eu provavelmente vou compreendê-los", disse. 

Apesar de sua pele tão frágil quanto uma borboleta causar muito desconforto, isso não a impediu de trabalhar com o que sempre sonhou e atuar atualmente em ao menos cinco veículos de comunicação.

Ela já entrevistou famosos como Timothy Chalamet, Jamie Foxx e Michael B. Jordan, dando um verdadeiro show nas redes sociais ao mostrar os resultados de seu trabalho, bem como a realidade de alguém que, apesar de ter uma condição difícil, é perfeitamente capaz de levar uma vida normal que não se resume à sua doença.

Últimas