Mãe se embrulha em saco plástico para poder abraçar a filha

As duas trabalham em hospitais de Porto Alegre (RS) e estavam há 45 dias sem se encontrar

Um reencontro improvisado após 45 dias de separação

Um reencontro improvisado após 45 dias de separação

Reprodução

Um abraço diferente entre mãe e filha viralizou nas redes sociais. Após 45 dias de separação, um técnica em radiologia de Porto alegre (RS) se embrulhou em um saco plástico para o reencontro tão esperado.

As duas trabalham em hospitais e estão cumprindo a quarentena isoladas. A ideia de recuperar a embalagem do colchão foi um improviso que deu certo. Assista: