Marca mobiliza empresas para doar 6,2 milhões de máscaras cirúrgicas

Grendene lidera a iniciativa, que já tem a Braskem e Johnson & Johnson como alguns parceiros estabelecidos para atuar no combate à covid-19

Empresas doarão 6,2 milhões de máscaras cirúrgicas para profissionais de saúde

Empresas doarão 6,2 milhões de máscaras cirúrgicas para profissionais de saúde

Reprodução/ Pixabay

A Grendene, maior exportadora de calçados do país, vem atuando no combate à pandemia de covid-19 desde março. Agora, a empresa está preparando uma nova leva de doações de 6,2 milhões de máscaras cirúrgicas para contribuir com a proteção dos profissionais de saúde.

Para viabilizar a produção dos acessórios e as doações, a companhia conseguiu parcerias com diversas empresas, como Braskem e Johnson & Johnson.

"Nós acreditamos que as ações da iniciativa privada sejam essenciais no combate à pandemia e unimos forças com diversas outras marcas para, juntos, tentar fazer a diferença", diz Alceu Demartini de Albuquerque, diretor de Relações com Investidores da Grendene.

O movimento de ajuda no combate à pandemia começou em março com a distribuição de 250 mil kits de proteção. Hoje, já são mais de um milhão de itens entregues, como jalecos, toucas e máscaras faciais, incluindo máscaras de tecidos para funcionários e familiares.

As máscaras cirúrgicas dessa nova fase da ação serão entregues às secretarias estaduais de saúde do Ceará e do Rio Grande do Sul, onde estão instaladas as fábricas da Grendene. Parte dos protetores faciais também será destinada às secretarias estadual de Alagoas e municipal de Maceió.