Virtz Menino que nasceu com menos de 400 gramas contraria expectativas e completa 1 ano com saúde

Menino que nasceu com menos de 400 gramas contraria expectativas e completa 1 ano com saúde

Jari Lopez, do Novo México, nos EUA, nasceu em 22 de fevereiro do ano passado, com apenas 22,86 centímetros e pesando 326 gramas. Agora, celebra seu aniversário em casa, todo sorridente

  • Virtz | Do R7

Jari Lopez tinha crescimento anormal no útero e nasceu prematuro e realmente pequeno

Jari Lopez tinha crescimento anormal no útero e nasceu prematuro e realmente pequeno

Reprodução/Arquivo Pessoal/Amber Higgins

Jari Lopez, do Novo México, nos Estados Unidos, é um menino que já nasceu desafiando as expectativas. Ele completou seu primeiro aniversário nesta terça-feira (22), todo sorridente. Uma verdadeira façanha, pois Jari nasceu pesando apenas 326 gramas e medindo 22,86 centímetros.

No Presbyterian Hospital, de Albuquerque, onde ele ficou internado para receber cuidados intensivos, Jari ficou conhecido como "microprematuro" — e foi o único bebê que nasceu tão pequenino e conseguiu sobreviver.

A mãe de Jari, Amber Higgins, contou ao Good Morning America que ela começou a se consultar com um especialista depois que um exame, com 20 semanas de gestação, mostrou que o bebê era pequeno demais para o tempo gestacional.

Cuidados intensivos

Algumas semanas mais tarde, ela foi internada para que Jari fosse monitorado diariamente. E, com apenas 24 semanas, e Amber hipertensa e com suspeita de pré-eclâmpsia, ele nasceu.

“Uma das excelentes enfermeiras que nos atenderam conseguiu passar um pequeno tubo para que ele, tão pequeno, conseguisse respirar", contou Amber ao Good Morning America.

Jari permaneceu respirando com a ajuda de aparelhos por um mês e meio e ficou internado por longos 127 dias, sendo atendido por um time de médicos, enfermeiros e terapeutas de diversas especialidades, que cuidaram de vários problemas que o bebê enfrentou para sobreviver. 

Jari passou meses no hospital, lutando para sobreviver

Jari passou meses no hospital, lutando para sobreviver

Reprodução/Arquivo Pessoal/Amber Higgins

Depois de quatro meses no hospital, ele finalmente recebeu alta, em junho do ano passado. "Ele acabou indo para casa precisando apenas de um pouco de oxigênio adicional, para ajudá-lo a respirar", contou a mãe.

Agora, celebrando seu primeiro aniversário, Jari já está medindo quase 61 centímetros e pesando pouco mais de 7 kg. 

"Ele realmente fica muito animado com algumas coisas, é bem ativo. Já consegue se mover com um pouco mais de desenvoltura também", afirmou a mãe. "Estamos apenas monitorando para que ele consiga ter um desenvolvimento normal para sua idade. Fora isso, está tudo bem."

Últimas