Menino reúne 2,2kg de lacres para ajudar a comprar cadeira de rodas

Fã da PM, Augusto, de 7 anos, recolheu lacres de latinhas durante seis meses para contribuir com ação para a compra de cadeira de rodas no interior de SP

Augusto e os lacres recolhidos, entre os PMs Flavio (à esq.) e Vadolski (à dir.)

Augusto e os lacres recolhidos, entre os PMs Flavio (à esq.) e Vadolski (à dir.)

Divulgação/PMESP

A solidariedade e dedicação de um garoto de sete anos emocionou policiais militares de Eldorado, cidade da região de Registro, no interior de São Paulo. Por cerca de seis meses, Augusto Gabriel Gomes da Silva recolheu lacres de latinhas nas ruas da cidade para contribuir com uma campanha que troca o material recolhido por cadeiras de rodas para doação. O menino fez questão de entregar os lacres pessoalmente aos PMs.

Leia também: Menina vende biscoitos e chocolate e paga lanche para 123 colegas

"A atitude surpreendeu a equipe, inusitado. Maravilhosa a atitude. O mérito é todo dele. O Augusto é fã da Polícia Militar. Em Eldorado, somos muito próximos a população da cidade", enfatizou o cabo PM Flávio que trabalha há 13 anos no município e, junto com o cabo Valdoski — outro veterano na cidade, com 17 anos de serviços prestados na localidade —, recebeu a doação das mãos do pequeno Augusto.

Garoto juntou 2,2 kg de lacres

Garoto juntou 2,2 kg de lacres

Divulgação/PMESP

A mãe do menino, Aline Gomes, conta que, em meados do ano passado, Augusto ficou curioso após ver um cartaz na lanchonete em que ela trabalhava, colado no estabelecimento por um policial militar amigo da família. Segundo ela, a criança se esforçou durante meses para juntar o maior número de lacres possível.

"Por vontade própria, ele disse que iria ajudar e começar a juntar. Em todos os cantos da rua, ele pegava os lacres. Em churrascos de família. Em um determinado momento, dava até vergonha de tanto que ele queria pegar os lacres. Ele começou a juntar em julho do ano passado. Entregou uma quantia para os PMs, mas continua juntando", revelou a mãe.

Augusto vive com a mãe, dois irmãos mais velhos — um rapaz de 18 anos e uma adolescente de 15 — e o pai, um técnico de áudio que trabalha em uma empresa de eventos em Santos, no litoral paulista. Atualmente desempregada, Aline diz que o filho é muito prestativo e atencioso.

"Ele adora ajudar a arrumar a casa, lava a louça. Ele ainda gosta de ajudar a cuidar do sobrinho de 4 meses. Tudo o que tem, ele divide tanto em casa como na escola, com os colegas. Fui criada assim e o ensinei a sempre ajudar o próximo", frisou Aline. "Se todos pensassem da mesma maneira, teríamos um mundo melhor", complementou.

Lacre Solidário

A ação "Lacre Solidário" é uma parceria firmada, em 2017, entre o 14º BPM/I e o Rotary Club Ouro de Registro. Além de atender causas relativas ao meio ambiente, a iniciativa promove — por meio da participação de estabelecimentos comerciais da região — a troca os lacres por cadeiras de rodas que são, posteriormente, doadas para pessoas necessitadas.

Desde então, foram obtidas pelos organizadores da ação mais de 1.000 garrafas pet com lacres — cada lote de 160 garrafas vale uma cadeira de rodas para doação. Até o momento, segundo a Polícia Militar, já foram trocadas quatro cadeiras. O restante deverá ser trocado nos próximos dias.