Virtz Mesmo na pandemia, crianças imigrantes receberão presentes

Mesmo na pandemia, crianças imigrantes receberão presentes

Voluntários vão distribuir 500 cestas básicas e 300 brinquedos para famílias cadastradas, neste sábado (19), na região do Brás, em São Paulo

  • Virtz | Karla Dunder, do R7

Criança recebe presente do Papai Noel em 2019, festa deste ano terá uso de máscaras

Criança recebe presente do Papai Noel em 2019, festa deste ano terá uso de máscaras

Centro do Imigrante/Divulgação

Os voluntários do Centro do Imigrante farão a tradicional festa de Natal para crianças e famílias de diferentes nacionalidades neste sábado (19), no Brás, região central de São Paulo. Todos os protocolos sanitários serão seguidos para evitar aglomeração e o contágio da covid-19.

Nesta ação, serão distribuídas 500 cestas básicas e 300 brinquedos para famílias e crianças de diferentes nacionalidades atendidas no local e já cadastradas. "Além disso, 100 crianças imigrantes foram apadrinhadas, os presentes serão entregues e as fotos enviadas para os doadores", explica Elisete Perussi, supervisora do Centro do Imigrante.

"Seguiremos todas as regras como distanciamento e uso de máscaras, as famílias já foram cadastradas previamente e receberão as cestas no horário marcado para evitar aglomeração", explica. "Neste ano também fomos obrigados a reduzir o número de pessoas atendidas pode conta da pandemia de coronavírus, mas decidimos manter a ação."

Pessoas de todas as nacionalidades recebem cestas

Pessoas de todas as nacionalidades recebem cestas

Centro do Imigrante/Divulgação

O local funciona há 6 anos e se transformou em um "poupatempo" para quem chega ao Brasil. Ali os imigrantes contam com ajuda para tirar a documentação necessária para viver no país, orientações jurídicas e atendimento de saúde gratuitos.

"Nosso trabalho é realizado por voluntários, com recursos de doadores e da iniciativa privada", conclui Elisete. "Trabalhamos pela inclusão de todas as pessoas."

Últimas