Moradores de favelas do Recife recebem alimentos e kits de higiene

Além das cestas básicas e produtos de proteção, foram doados testes para covid-19 a famílias das comunidades

CUFA ajuda moradores de comunidades carentes

CUFA ajuda moradores de comunidades carentes

Divulgação

O Projeto Gente Cuidando de Gente da Central Única das Favelas (CUFA) está ajudando 500 favelas em Pernambuco com insumos básicos. A ideia é diminuir os impactos da crise econômica causados pela pandemia do coronavírus e ajudar quem não tem condições de comprar alimentos, materiais de proteção e produtos de higiene para a família.

Cestas básicas, kits de higienes, máscaras e álcool em gel 70% são recebidos por parceiros e patrocinadores da CUFA e distribuídos a cerca de 24 mil famílias espalhadas pelo estado pernambucano. Com cada doação feita, um kit contendo manuais de prevenção e orientações contra o contágio do coronavírus é enviado.

No começo de agosto, a comunidade Irmã Dorothy, no bairro da Imbiribeira, recebeu a primeira rodada de testagem para o coronavírus. Mil kits foram doados pelo governo do estado numa iniciativa de otimizar o atendimento e conter o avanço da pandemia. A iniciativa prevê ainda a oferta de 60 vagas no Centro de Acolhimento e Isolamento Social (CAIS) para receber aqueles que estão infectados e precisam fazer o distanciamento com conforto e segurança.