Virtz Moradores de Heliópolis (SP) fazem amanhã testes rápidos para covid

Moradores de Heliópolis (SP) fazem amanhã testes rápidos para covid

Ação social é parceria de startup de saúde com a CUFA por meio de doações. Serão escolhidas pessoas de acordo com prioridades e grupos de risco

  • Virtz | Joyce Ribeiro, do R7

CUFA vai realizar testes da covid-19 em Heliópolis neste sábado

CUFA vai realizar testes da covid-19 em Heliópolis neste sábado

Divulgação / Alex Santos da HCA

Neste sábado (8), 250 moradores de Heliópolis, comunidade da zona sul de São Paulo, vão fazer testes rápidos para detecção do novo coronavírus. A startup de saúde HCA (Health Control Assistant) será a responsável pela operacionalização dos testes, que foram doados pela empresa de tecnologia OFFICER à CUFA (Central Única das Favelas).

A empresa doou mil testes rápidos para a CUFA, que decidiu distribuir a aplicação dos exames em quatro comunidades. No último sábado (1º), aconteceu a primeira testagem no Parque Santo Antônio, na zona sul. A previsão é que moradores de Paraisópolis, na zona sul, e Brasilândia, na zona norte, participem da ação nos próximos dias 15 e 16, respectivamente.

Leia mais: Hospital de campanha de Heliópolis é o 4º inaugurado em São Paulo

Os representantes da CUFA ficam responsáveis pela organização dos escolhidos para serem testados e seguem uma base cadastral para determinar as prioridades de atendimento, principalmente pelos grupos que atuam na linha de frente das ações realizadas pela entidade.

A startup de saúde é encarregada do procedimento que envolve a triagem, o teste doado, o monitoramento e controle da covid-19, que é feito por meio da ferramenta HCA.

Veja também: Empresário cria crowdfunding para projeto social em Heliópolis (SP)

Ela permite gerenciar as não conformidades de resultados apresentados pela contaminação do coronavírus dentro do grupo de pessoas, armazenar os dados, emitir alertas, orientações e sugere ações a serem tomadas.

A aplicação dos testes nas favelas é uma ação da campanha "CUFA contra o vírus". Até agora foram recebidas mais de 11 mil toneladas de alimentos e R$ 150 milhões em doações, além de álcool em gel e máscaras.

Últimas