Novo Coronavírus

Virtz Motorista recebe ajuda assistencial e garante sustento da família

Motorista recebe ajuda assistencial e garante sustento da família

SOS Famílias do Sertão auxilia famílias em situação de vulnerabilidade, em especial na pandemia de covid-19; Mário Cláudio é um dos assistidos

  • Virtz | Do R7

Mário Cláudio e o filho, Mário Eduardo, de 8 anos, que recebem ajuda assistencial

Mário Cláudio e o filho, Mário Eduardo, de 8 anos, que recebem ajuda assistencial

Divulgação/ SOS Famílias do Sertão

O motorista Mário Cláudio Ferreira de Souza, de 35 anos, mora em casa própria no sertão nordestino com sua esposa, Jaciara, e os filhos Mário Eduardo, de 8 anos, e Felipe, de 2 anos. 

Antes caminhoneiro, há 10 anos ele atua como motorista contratado em um projeto assistencial na região em que mora. Seu filho mais velho também é amparado, estudando numa escola mantida pelo projeto. Além disso, como sua esposa não trabalha, parte da renda vem do Bolsa-Família, que o filho mais novo recebe.

Mário Cláudio e sua família, felizes com a casa própria

Mário Cláudio e sua família, felizes com a casa própria

Divulgação/ SOS Famílias do Sertão

As ações que amparam Mário Cláudio fazem parte do SOS Famílias do Sertão, que presta auxílio a famílias em situação de vulnerabilidade no sertão nordestino,  especialmente aquelas que estão passando por dificuldades por conta da crise causada pela covid-19. A meta é continuar ajudando mais de 500 famílias carentes.

Ainda não contribuiu? Faça sua doação ao SOS Famílias do Sertão para que a ajuda continue chegando às pessoas que precisam

Com o auxílio assistencial que recebe, especialmente depois de ter sido registrado com carteira assinada, há 10 anos, Mário conseguiu dar uma vida melhor para seus familiares.

Com carteira assinada e ajuda assistencial, Mário Cláudio consegue manter sua família

Com carteira assinada e ajuda assistencial, Mário Cláudio consegue manter sua família

Divulgação/ SOS Famílias do Sertão

"Foi uma porta de Deus que se abriu na minha vida, que só nos ajudou. Desde quando comecei a trabalhar lá, consegui comprar minha casa, um transportezinho para andar, meu filho estuda lá, o ensino é muito bom. A gente só tem a agradecer a Deus por essa porta que se abriu. Tem sido uma bênção", resume ele.

Conheça mais sobre o SOS Famílias do Sertão e saiba como fazer sua doação.

Últimas