Virtz Mulheres entregam vacinas nas condições mais adversas do Alasca

Mulheres entregam vacinas nas condições mais adversas do Alasca

Equipe feminina de profissionais de saúde está levando vacina e esperança para os idosos de diversos vilarejos locais

Mulheres estão levando a vacina para regiões distantes de difícil acesso

Mulheres estão levando a vacina para regiões distantes de difícil acesso

Reprodução/Twitter annezinkmd

Uma equipe feminina composta por uma farmacêutica, uma médica e duas enfermeiras viajou de avião, trenó e snowmobile só para poder entregar a vacina da covid-19 às pessoas na zona rural do norte do Alasca. Com apenas algumas horas de luz do dia e enfrentando temperaturas abaixo de zero, a equipe feminina conseguiu cumprir sua missão de ajudar a população mais idosa.

"Para começar, é um desafio trazer a vacina para cá e depois distribuí-la para as aldeias. Isso traz um novo conjunto de desafios e questões logísticas", disse uma das trabalhadoras da área de saúde, Meredith Dean, uma residente de 25 anos, ao Good Morning America.

A Dra. Katrine Bengaard teve que embrulhar a vacina contra a covid-19 em um envelope protetor e colocá-la sob o casaco durante a viagem, carregando-a como um bebê, porque a vacina congelaria dentro da agulha no ar frio do exterior. Para alcançar os idosos que estão totalmente isolados e precisam de uma visita domiciliar, a médica e uma enfermeira, Heather Kenison, viajaram para as aldeias em uma moto para neve.

Juntas, as quatro profissionais de saúde viajaram centenas de quilômetros para vários vilarejos para entregar 65 vacinas, um feito heróico nas condições que enfrentaram. As mulheres disseram que continuarão saindo até que todos sejam vacinados.

Últimas